Sintomas de um ar condicionado a precisar de manutenção

4 min

5 sintomas de um ar condicionado a precisar de manutenção

A utilização do ar condicionado é, atualmente, um fator de conforto muito apreciado e procurado pelos automobilistas, mas a sua manutenção vai além de tudo isso.

Entre os cuidados a ter, deve verificar o nível de gás todos os anos ou de 20 mil em 20 mil quilómetros e estar atento aos sinais que possam indiciar problemas. E para usar o sistema de forma eficaz e conveniente, não se esqueça de manter as janelas fechadas durante a sua utilização.

Ter o ar condicionado ligado e janelas abertas é contraproducente e vai exigir um esforço desnecessário ao sistema de climatização e um consumo excessivo de energia. Um ar condicionado em condições de utilização é essencial para a saúde de quem o utiliza. Por isso, nunca devemos descurar os cuidados a ter.

Claro que os prazos são sempre indicativos e nem sempre as expectativas ou promessas se cumprem. A verdade é que, apesar do que diz o fabricante ou a marca de automóvel, é necessário estar sempre atento a pequenos sinais que podem indiciar a urgência de uma intervenção no seu ar condicionado.

Procura peças para o ar condicionado do seu carro?

Climatizar um ambiente como o habitáculo em que viajam várias pessoas, incluindo crianças, exige um cuidado redobrado por parte dos condutores. Deixamos aqui cinco “sintomas” de possível “doença” no seu ar condicionado. E se não tratar dele, quem pode ficar doente são todos aqueles que o utilizam num ambiente fechado, como é um carro.

No entanto, mesmo que não detete nenhum dos seguintes sintomas, recorde-se que limpar os filtros e fazer a manutenção todos os anos ajuda a que a climatizarão perdure a executar, sem problemas, aquilo para que serve. Até lá, esteja atento a cinco pequenos detalhes.

Mau-cheiro

Se liga o ar condicionado e sente, pouco depois, um odor desagradável, isso pode significar que existem fungos ou bactérias nos filtros ou tubagens. Desligue de imediato. Está a espalhá-los por todo o veículo e a facilitar o transporte daqueles até ao interior dos seus pulmões.

A qualidade do ar é essencial para a saúde de todos os ocupantes. Isto exige uma intervenção profissional imediata e não deve voltar a ligar a climatização. Deverá ser necessário limpar todo o sistema ou substituir algumas peças.

Deixou de refrescar

Se o ar condicionado deixa de arrefecer como fazia habitualmente, podemos estar perante uma fuga do gás ou avaria no sistema. Por vezes, porque o valor de temperatura designado não é alcançado, o sistema de climatização entra em esforço, sem nunca alcançar o ar fresco que é exigido pelo condutor. Resultado? Aumento do consumo de combustível e, naturalmente, mais caro lhe fica o descuido.

A avaria costuma estar associada ao compressor e é urgente resolver o problema para ter ar refrigerado. Além disso, é desejável que o consumo de combustível não lhe pese demasiado na carteira.

Artigo relacionado: Afinal, o ar condicionado gasta mais combustível?

Reações Alérgicas

Se quando liga o ar condicionado começa com irritação nos olhos, a vista avermelhada, espirros ou congestão nasal, fique atento. Pode não haver mau odor, mas existirem contaminações nocivas nas tubagens e filtros e, como tal, é urgente higienizar o sistema de climatização.

Ruídos

Barulhos ou ruídos estranhos que se iniciam quando é ligado o ar condicionado, podem significar avaria na ventoinha, atrito nas tubagens ou falha no compressor. Normalmente, são sinais de problemas de origem mecânica e nada como consultar um perito em climatização automóvel para perceber o que se passa. Por vezes, pode ser mais fácil e simples do que imaginámos.

Para-brisas embaciado

Pode parecer estranho, mas se entrar no veículo e reparar que o interior está embaciado e sem qualquer motivo que o justifique, podemos estar perante uma fuga na refrigeração do ar condicionado. A solução é sempre a mesma: procurar ajuda especializada e não demorar muito tempo para o fazer.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

Operação STOP: direitos e deveres do condutor

No momento da operação STOP, o condutor tem uma série de direitos, mas também de deveres. Saiba quais são e quais as coimas e multas,…

Renovar a carta de condução: quando, onde e como

Não sabe quando tem de renovar a carta de condução? Nós dizemos-lhe e explicamos-lhe todos os passos a seguir para fazê-lo. Fique informado e tome…

O que é e como funciona o catalisador?

Em química, o catalisador é uma substância que aumenta a velocidade de uma reação. Já num automóvel é o componente que permite tornar a pegada…

Como disfarçar riscos na pintura do carro

Um parque de estacionamento com acesso mais difícil, uma parede que não se viu, uma porta do carro ao lado que raspou na carroçaria do…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional