Motores mais potentes por nu?mero de cilindros

4 min

Motores mais potentes por número de cilindros

A potência não está apenas nos cavalos, sendo sempre uma relação entre estes e o tamanho dos motores. E, quando contamos a potência por litro e por cilindro, há atualmente verdadeiras bestas de tamanho ultrarreduzido.

É que, se no passado, para encontrar um automóvel com 100 cv por litro de cilindrada era quase impossível, exceto entre os superdesportivos, hoje estes veículos fazem parte do nosso dia a dia, e quase nem damos por eles.

Dos mais pequenos, de apenas dois cilindros, aos enormes, de 16 cilindros, uma viagem pelos motores mais potentes por número de cilindros.

Motores mais potentes por número de cilindros

2 cilindros

fiat 500

Parece difícil de acreditar quando se vê o pequeno Fiat 500 a mexer-se pela cidade. Mas, com uma cilindrada de menos de um litro e apenas dois cilindros, o TwinAir sobrealimentado da Fiat, de engenhosa tecnologia, consegue produzir uns impressionantes 105 cavalos. O citadino, que, entretanto, já se rendeu à eletricidade, acelerava nesta versão até 188 km/h, cumprindo a marca de 0 a 100 km/h em 10,5 segundos.

3 cilindros

Ford Fiesta motores potentes

O motor Ford EcoBoost de 1,0 litros, bloco que se destaca na indústria por integrar um sistema de desativação de cilindro, amealhou prémios, desde o seu lançamento, em 2012. O eficiente bloco de 3 cilindros, com uma potência até 140 cv, equipou um em cada quatro veículos Ford vendidos em 2018. Ainda com o selo da Ford, destaque para o 1.5 EcoBoost, também com três cilindros, mas a debitar uns admiráveis 200 cv.

4 cilindros

Mercedes GLA AMG

Os motores de 4 cilindros em linha foram, durante muitos anos, os mais procurados, já que ofereciam equilíbrio entre performance, eficiência e conforto. Daqueles que nos chegaram a Portugal, destaque para o Mercedes-AMG de 2,0 litros, com uns esfuziantes 375 cv, que se encontrava em modelos como o CLA ou o GLA.

5 cilindros

Audi RS3

Quando se fala em 5 cilindros automaticamente pensa-se em Audi. A associação não é em vão – não se trata de uma arquitetura fácil de encontrar e os modelos mais emblemáticos a fazer uso dela são o RS3 e o TT RS. Ambos integram um bloco de 2,5 litros, com cinco cilindros em linha, que debita 400 cv.

6 cilindros

Porsche GT2 RS

O Porsche 911 GT2 RS é provavelmente um carro para fazer parte da lista de desejos de muita gente. E não é para menos, já que, com o bloco biturbo de 3,8 litros, é o seis cilindros mais potente do mercado: nada mais, nada menos do que 690 cv.

8 cilindros

Hennessey-Venom-GT

Hipercarros e motores V8 parece ser a associação perfeita, e por isso muitos superdesportivos fazem uso deste tipo de bloco. O título de mais potente cabe ao Hennessey Venom F5, com um bloco de 7,6 litros biturbo a produzir 1600 cv. A velocidade máxima dá e sobra para levantar voo: 484 km/h.

10 cilindros

Lamborghini Huracan Performante

A arquitetura de 10 cilindros em V é típica de carros feitos mais para correr do que para passear. É o caso do Lamborghini Huracan Performante que, com um bloco de 5,2 litros, oferece 630 cv para explorar.

12 cilindros

Ferrari Superfast

O V12 mais poderoso do mundo faz parte do mundo do “cavallino rampante”, graças ao motor de 6,5 litros, que pode ser encontrado no 812 Superfast, o sucessor do brilhante Ferrari F12. Potência máxima: 789 cv. Mas não se fica por aqui: para breve está prevista uma edição especialíssima, que chegará com 819 cv, com o motor capaz de rolar a 9500rpm.

16 cilindros

Bugatti Chiron V16

O maior motor do mundo é um Bugatti. O 8 litros com 16 cilindros em W é apoiado por quatro turbos que lhe permitem produzir uma potência equivalente a 1479 cv. No entanto, é bom que a marca francesa não fique demasiado adormecida sobre os louros, já que há vários protótipos a ameaçar a sua coroa. Caso do Devel Sixteen, apresentado no Salão do Dubai, em 2013, e que, na teoria, é capaz de debitar mais de 5000 cv. Para tal conta com um motor de 12,3 litros e 16 cilindros, sendo que cada cilindro conta com duas válvulas e quatro turbocompressores. Estimativas: 0 a 100 km/h em 1,8 segundos e uma velocidade máxima de 560 km/h.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

O que fazer se alguém bateu no seu carro e fugiu

Há situações para todos os gostos: desde viaturas que, no meio do caos do trânsito, batem e fogem e até condutores que, depois de darem…

Vendas de carros de luxo aumentam durante a pandemia

Foi a pandemia, a escassez de microchips e até as cada vez mais restritivas políticas sobre emissões. O número de carros ligeiros de passageiros matriculados…

Carros clássicos: maiores leilões mundiais

Na era digital, e em plena crise pandémica, as mais reputadas leiloeiras da atualidade privilegiam a Internet para promover a venda de automóveis especiais. E…

As infrações que retiram mais pontos à carta de condução

O sistema de uma Carta de Condução por pontos entrou em vigor a 1 de junho de 2016, com o objetivo de, à semelhança do…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional