Porsche eletricos devem representar 80 das vendas em 2030

4 min

Porsche: Elétricos devem representar 80% das vendas em 2030

Ao longo do último ano financeiro, a Porsche cimentou a sua posição como uma das marcas automóveis mais lucrativas do mundo, atingindo um novo recorde histórico em receitas de vendas e em lucro operacional.

Com base nos resultados financeiros obtidos, a Porsche estabeleceu agora um novo objetivo: garantir que 80% de todas as vendas de veículos novos sejam totalmente elétricos até 2030.

Este desejo de massificação da produção de carros elétricos não é novo para a Porsche, já que a marca já tinha expressado como meta atingir 50% de veículos totalmente elétricos até 2025.

Embora este novo objetivo tenha atraído mais atenção, o CEO Oliver Blume considera que a indústria automóvel está a passar pelo que é, provavelmente, a maior transformação da sua história, e que os resultados comerciais positivos da empresa são consequência de “decisões corajosas, inovadoras e voltadas para o futuro”.

O plano da Porsche para obter 80% das vendas em carros elétricos até 2030

Apesar de, à partida, parecer ser uma meta longínqua, é importante frisar que cerca de 40% de todos os carros novos da Porsche entregues na Europa no ano passado já eram, pelo menos, parcialmente elétricos (híbridos plug-in ou modelos totalmente elétricos).

Conheça todos os novos modelos elétricos da Porsche

Segundo Oliver Blume, este objetivo irá ser alcançado em etapas. Para além de nos próximos anos a Porsche ir acelerar significativamente a eletrificação da sua linha de montagem, o fabricante automóvel também conta com outros investimentos para alcançar a sua meta até 2030.

Novos automóveis elétricos

Relativamente à produção de automóveis, a Porsche adicionará novos modelos à sua linha de veículos elétricos, que atualmente consiste apenas no Taycan. É de notar que, no ano passado, a Porsche vendeu 41.296 Taycans, ultrapassando as vendas do 911 (38.464).

O primeiro elétrico a juntar-se ao Taycan será o Macan SUV de próxima geração, em 2023, com base na plataforma PPE desenvolvida em conjunto com a Audi.

O próximo grande lançamento elétrico será o substituto do 718 Cayman/Boxster que Blume confirmou chegar em 2025. Em 2026 será lançado um automóvel executivo elétrico, conhecido internamente como K1.

Novos investimentos

Estes novos modelos são fundamentais para atingir as metas de eletrificação mas, no entanto, não são suficientes.

A Porsche, para além de já estar a desenvolver a sua própria infraestrutura de carregamento, está a investir em estações de carregamento premium com alguns parceiros. As estações de carregamento irão começar a ser instaladas no final de 2022 na Alemanha, Suíça e Áustria. Estas estações irão complementar a rede europeia Ionity e estarão disponíveis apenas para clientes da Porsche.

Artigo relacionado: Carregar carros elétricos: qual a potência necessária

A empresa irá também aumentar os investimentos na área de software e em tecnologias essenciais, como sistemas de baterias e produção de módulos.

Atualmente já estão a ser desenvolvidas e produzidas células de baterias de alto desempenho na recém fundada subsidiária da Porsche e da Customcells, o Cellforce Group, com a produção em série prevista para o início de 2024. Inicialmente serão produzidas baterias suficientes para alimentar mil modelos Porsche por ano, movidos apenas a eletricidade.

Independentemente de todos estes investimentos cruciais para alcançar o objetivo definido de 80% das vendas serem totalmente elétricas em 2030, quer em novos produtos quer em nova tecnologia, a Porsche tem como objetivo assegurar um retorno operacional das vendas a longo prazo de, pelo menos, 15%.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

O que são mudanças altas e baixas?

Há veículos que precisam ainda de mais poderio mecânico do que os automóveis normais, como é o caso dos todo o terreno (e também dos…

Carros clássicos: como pedir matrícula da época

Aos carros clássicos com interesse museológico podem ser atribuídas matrículas correspondentes à época em que tenham sido inicialmente colocados em circulação. Para tal, há que…

Conheça o Jaguar I-Pace, vencedor do carro europeu do ano 2019

O Jaguar I-Pace ganhou o título de Carro do Ano Europeu em 2019 e tem dado muito que falar. Este eléctrico promete mesmo revolucionar o…

Carros autónomos: o dilema da reação vs decisão

Há um exemplo que se costuma usar quando se fala do problema da condução autónoma sem qualquer poder de interferência humana: em caso de acidente…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional