O seu carro foi apanhado nas cheias

3 min

O seu carro foi apanhado nas cheias? Saiba o que fazer

Quando um automóvel é apanhado numa situação de cheias, com água para lá da linha de cintura, há uma grande probabilidade de haver pouco a fazer por ele. Os sistemas eletrónicos foram certamente comprometidos e se andou com água a ser aspirada para o motor é muito possível que a mecânica tenha o óbito decretado.

Mas, mesmo que não tenha sido esse o caso, qualquer carro apanhado pelas cheias, ou que tenha circulado por estradas alagadas, pede uma atenção redobrada. Ponto a ponto, saiba o que fazer.

O que fazer se o seu carro foi apanhado nas cheias?

carro inundado

Motor

Se o nível das águas subiu a ponto de atingir o motor, não ceda à tentação de dar à chave. É que há a possibilidade de o líquido ter entrado para a câmara de combustão, além de se ter misturado com o óleo lubrificante. Chame o reboque e mande o carro para uma oficina, onde poderão atestar o estado da mecânica.

Vai trocar de carro? Faça uma pesquisa no Standvirtual

Verifique o filtro de ar

O filtro de ar é a porta de entrada para o motor. Por isso, a primeira coisa que pode fazer é abrir o capot e verificar o seu estado. Se estiver molhado ou mesmo húmido significa que o motor recebeu água. Chame o reboque.

Verifique o óleo

Quando a sabedoria popular diz que água e azeite não se misturam está muito certa. E, no caso de o óleo do motor ter sido contaminado pelas enchentes só há uma solução: trocar o lubrificante, sem esquecer de mudar o filtro do óleo.

Verifique o combustível

Basicamente, aplica-se o mesmo princípio do óleo. Esvazie o depósito, troque o filtro e deixe secar bem. Só depois volte a atestar.

Componentes elétricos

Poderá tentar secar os circuitos, mas o mais provável é que tenham sido irremediavelmente atingidos. Peça um orçamento para substituir pelo menos as partes elétricas mais essenciais ao funcionamento do seu automóvel.

Artigo relacionado: Abasteci o carro com o combustível errado. E agora?

Cuide dos interiores

Se a água tiver ultrapassado a ranhura inferior da porta, certamente irá encontrar um interior com vestígios de água. Não os despreze. Comece por desmontar os bancos e proceder a uma limpeza a fundo e a uma secagem competente (não se esqueça que o interior dos bancos contém espuma). Retire os tapetes e ponha-os a lavar e secar, tratando de fazer uma verificação cuidada ao piso do carro. Poderá mesmo ser necessário arrancar o tecido que reveste o chão e colocar um novo.

Não deixe de verificar se o funcionamento dos cintos de segurança foi comprometido, assegurando-se que expõe as fitas dos cintos ao ar de forma a ficarem totalmente secas.

Informe-se sobre o seu seguro

Em Portugal, o seguro obrigatório, de responsabilidade civil não inclui fenómenos da natureza. E nas apólices de danos próprios é necessário subscrever um opcional para ter essa cláusula presente. Por isso, trate de ler a sua apólice e perceber se tem direito a acionar o seguro.

No caso de o automóvel ter ficado alagado numa garagem verifique se existe um seguro multirriscos com o opcional fenómenos da natureza.

Mais artigos da mesma categoria

Quando devo mudar os pneus do meu carro?

Manter os pneus do seu carro em bom estado de circulação é uma das maiores garantias de segurança e eficiência do seu automóvel. O desgaste…

6 truques para melhorar a performance de um carro

Nem todos podem comprar um Lamborghini ou Ferrari ou até mesmo um Mercedes ou um BMW. Mas, o que poucos sabem é que com algumas…

Conheça 6 dicas para cuidar do turbo do carro

Conheça 6 dicas para cuidar do turbo do carro e prolongue a vida útil do motor. Faça destas recomendações um hábito e mantenha intata a…

4 cuidados a ter com o carro no inverno

O frio parece ter assentado arraiais e não irá embora tão cedo. Nós, humanos, queixamo-nos que temos mais dificuldade numa série de atividades, mas as…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional