O Nº 1 em Carros
Escolha do consumidor
4º ano consecutivo.

Condições gerais de utilização

As presentes condições gerais de utilização estipulam os termos em que é prestado o serviço do standvirtual.com (propriedade da empresa FixeAds - Serviços de Internet, S.A.), nomeadamente, definindo as regras de consulta e utilização do serviço prestado.

A prestação do serviço está dependente da total aceitação das seguintes Condições Gerais de Utilização:

TARIFÁRIO

Colocação de anúncios por anunciantes Particulares

  Opção 1 Opção 2 Opção 3
Duração 14 Dias 28 Dias 28 Dias
Carros 13.99€ 19.99€ 27.99€
Motos 4.49€ 8.99€ 13.49€
Comerciais 6.99€ 13.99€ 17.49€
Autocaravanas 4.49€ 8.99€ 13.49€
Barcos 4.99€ 8.99€ 13.49€
Peças 4.99€ 2.99€ 4.99€
Exportação OLX 2.00€ 0€ 0€
Destaques n/a Sim Sim

Destaques

Destaque Dias

Carros

Comerciais

Motos

Peças

Pesados

Barcos

Autocaravanas

Página Principal 3 Dias 39.99€ 24.99€
Página Principal 7 Dias 70€ 38.50€
Página Principal 14 Dias 115€ 60€
Oportunidade do dia 3 Dias 59.99€ 44.99€
Oportunidade do dia 7 Dias 99.99€ 74.99€
Oportunidade do dia 14 Dias 159.99€ 119.99€
Para o Topo 1 Dia 1.99€ 1.99€
Para o Topo 7 Dias 9.99€ 6.99€
Para o Topo 14 Dias 14.99€ 12.99€
Sobressaído 3 Dias 3.99€ 1.99€
Sobressaído 7 Dias 5.99€ 2.99€
Sobressaído 14 Dias 9.99€ 5.50€
TOP Potências 3 Dias 6.99€ 4.99€
TOP Potências 7 Dias 11.99€ 8.99€
TOP Potências 14 Dias 19.99€ 14.99€

 

Colocação de anúncios  de veículos por anunciantes Profissionais

Pacote Allegro Pacote Advantage Pacote Superior
70€ (c/ IVA) 150€ (c/ IVA) 300€ (c/ IVA)

Conheça todos os benefícios aqui.

Colocação de anúncios  de veículos por anunciantes Profissionais

Pacote Small Pacote Medium Pacote XL
89€ (c/ IVA) 349€ (c/ IVA) 449€ (c/ IVA)

Conheça todos os benefícios aqui.

 

1. DEFINIÇÕES E INTERPRETAÇÃO:

1.1. Salvo se do contexto claramente decorrer um sentido diferente, os termos abaixo indicados, terão o seguinte significado: SERVIÇO: site on-line que proporciona aos Utilizador/Vendedores e Visitante/Interessados um espaço, através da internet, para a colocação de anúncios para venda de viaturas e pesquisa e ordenação dos veículos colocados à venda pelos Utilizador/Vendedores registados; PRESTADOR DO SERVIÇO: FixeAds - Serviços de Internet, S.A. através do site standvirtual.com; UTILIZADOR/VENDEDOR: toda a pessoa jurídica, singular ou colectiva, com capacidade jurídica plena para a celebração de contratos onerosos de acordo com o Direito Português, que se tenha registado no site do Prestador do Serviço através das formas de registo online nele previstas e pretenda a publicação de anúncios para venda de viaturas; VISITANTE/INTERESSADO: toda a pessoa jurídica, singular ou colectiva, que tenha acedido ao site do Prestador do Serviço e consulte os anúncios publicados, com vista à potencial compra dos veículos anunciados.

1.2. Caso alguma das cláusulas das presentes condições gerais venha a ser julgada nula, impossível de executar ou por qualquer forma inválida por qualquer entidade competente para o efeito, tal nulidade ou invalidade não afectará a validade das restantes cláusulas, seguindo-se os termos legais ou comprometendo-se as partes acordar de boa fé uma disposição que a substitua e que, tanto quanto possível, produza os mesmos efeitos.

2. DESCRIÇÃO DO SERVIÇO:

2.1. A actividade do Prestador do Serviço destina-se, exclusivamente, a gerir a apresentação online dos anúncios colocados pelo Utilizador/Vendedor para venda de viaturas, sem influenciar, verificar, garantir ou avaliar o conteúdo desses mesmos anúncios.

2.2. O Prestador do Serviço não garante a qualidade, veracidade, exactidão, segurança e/ou legalidade dos anúncios, a capacidade de venda do Utilizador/Vendedor e a capacidade de compra pelo Visitante/Interessado, nem a concretização das transacções comerciais.

2.3. A oferta de compra do veículo anunciado pelo Utilizador/Vendedor não é vinculativa, não obrigando à compra nem à venda.

2.4. O Prestador do Serviço não participa nas transacções realizadas entre o Utilizador/Vendedor o Visitante/Interessado na aquisição do veículo anunciado no site do Prestador do Serviço, nem serve de intermediário e/ou representante legal de qualquer das partes envolvidas na transacção.

3. CONDIÇÕES DE ACESSO

3.1 O Serviço só pode ser utilizado por pessoa jurídica, singular ou colectiva, com capacidade jurídica plena para a celebração de contratos onerosos de acordo com o Direito Português, estando proibida a sua utilização a menores de 18 (dezoito) anos.

3.2 O Prestador do Serviço não se responsabiliza por qualquer eventualidade resultante da falta de capacidade do Utilizador/Vendedor do Serviço, nos termos descritos em 3.1.

4. REGISTO PARA COLOCAÇÃO DE ANÚNCIOS E CONSULTA DE BASE DE DADOS

4.1 A prestação do Serviço exige o preenchimento de um formulário de registo online, disponível no site do Prestador do Serviço.

4.2. A cada Utilizador/Vendedor apenas pode corresponder um registo, podendo o Prestador do Serviço cancelar qualquer registo subsequente efectuado pelo mesmo Utilizador/Vendedor.

4.3. O registo é gratuito. A colocação de anúncios está dependente de pré-pagamento, nos termos definidos na Tabela I, que constitui parte integrante das presentes Condições Gerais de Utilização. O registo para efeitos, meramente, de consulta das bases de dados de venda dos veículos é gratuito.

4.4 O Utilizador/Vendedor pode solicitar, a qualquer momento, o cancelamento do registo no site do Prestador do Serviço, porém, tal não lhe confere o direito ao reembolso das quantias já pagas para a utilização do serviço.

4.5. O Prestador do Serviço pode, a qualquer momento, cancelar ou eliminar um registo se o Utilizador/Vendedor não cumprir as presentes condições gerais, encontrar-se em processo de insolvência, ceder a sua posição contratual a terceiros e/ou actuar de forma a acarretar prejuízos para o Prestador do Serviço e restantes Utilizador/Vendedores e Visitante/Interessados do site.

4.5. Após o registo, o Utilizador/Vendedor passa a ser titular de um código de acesso (login e password), sendo o registo pessoal e intransmissível.

4.6. É proibida a transmissão do código de acesso a terceiros, sendo o Utilizador/Vendedor o único responsável pelas acções efectuadas com o seu registo.

5. RECOLHA, TRATAMENTO E PARTILHA DE DADOS PESSOAIS

5.1. A recolha de dados de identificação do Utilizador/Vendedor será efectuada através de um formulário de registo disponível online e a sua transmissão é encriptada para garantir a máxima segurança.

5.2. O Utilizador/Vendedor ao registar-se no site do Prestador do Serviço fornece dados pessoais, tais como, nome, endereço telefónico e de correio electrónico, necessários para subscrever o Serviço e as newsletter de parceiros associados especificados no formulário de registo. A subscrição do Serviço inclui a recepção de emails de notificação automática do Standvirtual, como comentários de interessados em viaturas anunciadas, emails informativos com estatística e métrica de anúncios colocados pelo vendedor e newsletters promocionais, pelo que a desactivação destas notificações automáticas implica a cessação de utilização do Serviço.

5.3. Os dados pessoais disponibilizados publicamente pelo Prestador do Serviço nos anúncios, são fornecidos pelo Utilizador/Vendedor, sendo este último o único responsável pela veracidade dos mesmos.

5.4. Ao colocar os anúncios, o Utilizador/Vendedor pode definir se pretende ocultar alguns dos dados pessoais mencionados em 5.2, salvo no que se refere ao código postal e localidade, para permitir a localização geográfica geral da viatura.

5.5. Os dados recolhidos são introduzidos no sistema informático, onde são tratados e processados automaticamente nos termos aprovados pela Comissão Nacional de Protecção de Dados (CNPD), destinando-se os mesmos à gestão do Serviço do Prestador do Serviço.

O Prestador do Serviço garante ao Utilizador/Vendedor registado a possibilidade de aceder aos seus dados pessoais através da sua página pessoal para proceder à correcção e actualização dos mesmos, nos termos da Lei n.º 67/98 de 26 de Outubro (Lei da Protecção dos Dados Pessoais).

5.6. A informação pessoal recolhida é utilizada pelo Prestador do Serviço para:

  • Possibilitar a prestação do serviço de classificados online de forma a permitir o contacto com qualquer Visitante/Interessado na compra dos bens anunciados
  • Permitir a emissão de comprovativos de pagamento no caso de o serviço estar dependente de pré-pagamento, sendo permitido ao Prestador do Serviço a exigência de dados adicionais caso se mostre necessário.

5.7. O Prestador do Serviço poderá fornecer dados pessoais do Utilizador/Vendedor às entidades legalmente competentes, nos casos em que tais dados forem solicitados na sequência de prática de quaisquer actividades ilícitas civis ou criminais, nomeadamente, violação de direitos de personalidade, de direitos de propriedade industrial e/ou intelectual.

5.8. O site do Prestador do Serviço contém links para outros sites, sendo que o Prestador do Serviço não é responsável pelas políticas de privacidade e conteúdo desses sites.

6. FICHEIRO DE REGISTO ESTATÍSTICO

6.1. São registados os endereços I.P. de todas as ligações efectuadas através do site do Prestador do Serviço. Esta informação será utilizada primariamente para efectuar análises estatísticas.

6.2. A informação será analisada de forma agregada e anónima. Os dados utilizados para esse fim não contém dados de identificação pessoal ou informação privada.

6.3. As análises efectuadas a partir da informação estatística agregada serão efectuadas para interpretar os padrões de utilização do site e melhorar, de forma contínua, os níveis de serviço e satisfação do Utilizador/Vendedor.

6.4. A informação estatística agregada resultante das análises efectuadas poderá ser revelada a terceiros publicamente.

7. CONDIÇÕES DE COLOCAÇÃO DOS ANÚNCIOS E DESTAQUES

7.1. Após o pagamento, a colocação dos anúncios têm uma duração de 14 ou 28 dias. A duração dos destaques depende da duração escolhida, que poderá variar entre 3, 7 ou 14 dias.

7.2. Findo o período referido em 7.1, o Utilizador/Vendedor pode renovar o anúncio, efectuando o pré-pagamento nos termos definidos em 4.3.

7.3. A venda do veículo antes de decorrido o período de colocação do anúncio definido em 7.1 não confere ao Utilizador/Vendedor a possibilidade de anunciar uma segunda viatura/peça​ ou o reembolso de qualquer quantia paga, pela não utilização do anúncio até ao limite máximo da sua duração.

7.4. Os anúncios devem respeitar, obrigatoriamente, as seguintes condições: 

  • Colocação na categoria correcta (as categorias disponíveis para a colocação dos anúncios são: carros, comerciais, autocaravanas, motos, barcos, peças e pesados) e respectivos atributos (marca, modelo, data de registo e segmento).
  • Colocação de um preço real e final ​face à venda do veículo: não sendo aceites valores de prestações mensais, leasings, cedências parciais ou valores sem IVA (Decreto de lei n.º 162/99, de 13 de Maio).​
  • O anúncio terá de se destinar apenas ​à venda de um veículo/peça: são proibidos anúncios de compra ou de serviços/ publicidade.​
  • As imagens inseridas no anúncio terão de corresponder ao veículo cuja venda é destinada pelo Utilizador/Vendedor ou a indicação expressa e inequívoca que as mesmas não correspondem ao veículo anunciado​.​
  • É proibida a colocação de imagens que contenham edições, marcas-de-água, publicidade, bordas, contactos, pessoas ou animais.​
  • É proibida a colocação de e-mails, link/URL no título, descrição ou fotografias associadas ao anúncio​.​
  • É proibida a colocação de tags, palavras-chave ou outros termos no título, descrição ou imagens do anúncio que não tenham qualquer relação com o veículo/peça anunciada.​
  • É proibido conteúdo que promova o ódio e a violência, o racismo, a xenofobia ou conflitos entre nações.​
  • É proibido conteúdo vulgar ou ofensivo.​

7.5. O conteúdo dos anúncios é da exclusiva responsabilidade do respectivo Utilizador/Vendedor.

​​7.6. Qualquer anúncio que não observe as condições exigidas em 7.4 ou que de alguma forma prejudique o ​correcto ​funcionamento do site Prestador do Serviço, poderá ser removido, anulado ou apagado, sem aviso prévio.

​​7.7. O Utilizador/Vendedor pode, a qualquer momento, editar os seus anúncios através da área da conta pessoal, ​encontrando-se impedido de alterar ​a categoria, a marca e o modelo das viaturas após a colocação dos respectivos anúncios.

7.8. O Utilizador/Vendedor pode, a qualquer momento, apagar anúncios de venda activos, sem qualquer direito ao reembolso da quantia paga para a colocação do anúncio no site do Prestador do Serviço.

7.9. Por motivos de segurança, o Prestador do Serviço pode adiar a listagem de anúncios (novos ou depois de editados pelo Utilizador/Vendedor), de contactos de Utilizadores/Vendedores e das anotações ou imagens dos anúncios e, caso os mesmos não preencham em condições exigidas em 7.4, os anúncios podem ser desactivados ou eliminados sem aviso prévio.

7.10. Ao colocar o anúncio no site do Prestador do Serviço, o Utilizador/Vendedor cede ao primeiro todos os direitos sobre textos e imagens utilizados no anúncio e autoriza que aquele utilize os ​mesmos​ para fins promocionais ou publicitários.

8. RESPONSABILIDADE DO UTILIZADOR/VENDEDOR

8.1. Ao aceitar as presentes condições gerais, o Utilizador/Vendedor obriga-se, nomeadamente, a:

  • Fornecer e manter dados pessoais verídicos, completos a actualizados
  • Manter confidenciais os dados de acesso ao seu registo no site do Prestador do Serviço e usar unicamente o registo se for titular, assumindo exclusivamente a responsabilidade pelas acções efectuadas com esse registo por terceiros, com ou sem a sua autorização
  • Cumprir pontualmente com as suas obrigações de pagamento para aceder ao Serviço do Prestador do Serviço
  • Adoptar unicamente comportamentos que não infrinjam a ordem jurídica vigente ou que lesem, de alguma forma, posições jurídicas protegidas
  • Não apresentar ofertas de venda artigos que não sejam exclusivamente veículos automóveis
  • Não apresentar ofertas de venda de veículos onerados com penhora judicial, arresto ou qualquer forma de apreensão preventiva
  • Não apresentar conteúdos de anúncios de carácter ilícito, violento, provocativo, ofensivo, racista ou susceptível de violar a privacidade ou direitos de terceiros
  • Não ceder a sua posição contratual a terceiros
  • Informar atempadamente e diligentemente o Prestador do Serviço da ocorrência de todo e qualquer evento que possa vir a prejudicar ou impedir o cumprimento pontual e atempado de qualquer das obrigações para si emergentes das presentes Condições Gerais de Utilização
  • Informar atempadamente e diligentemente o Prestador do Serviço de todos os factos que possam ser relevantes à boa execução das presentes Condições Gerais de Utilização, em particular, alteração de sede, residência, estado civil ou domicílio bancário.

8.2. A violação, pelo Utilizador/Vendedor das obrigações decorrentes das presentes Condições Gerais, de Utilização, conferem ao Prestador do Serviço, o direito a ser indemnizado nos termos gerais do direito cível, desde já se fixando um quantun indemnizatório mínimo, no valor de € 250,00.

9. RESPONSABILIDADE DO PRESTADOR DO SERVIÇO

9.1. Ao aceitar as presentes condições gerais, o Prestador do Serviço obriga-se, nomeadamente, a:

  • Proceder ao tratamento de dados de forma lícita e leal, recolhendo apenas a informação necessária e pertinente à finalidade a que se destinam
  • Permitir ao Utilizador/Vendedor (titular dos dados) o acesso e correcção das informações sobre si prestadas
  • Não utilizar os dados recolhidos para finalidade incompatível com a sua recolha
  • Garantir gratuitamente o direito de eliminação dos dados utilizados quando solicitado pelo Utilizado/Vendedor
  • Possuir mecanismos de segurança que impeçam a consulta, modificação, destruição ou adição de dados por pessoa não autorizada a fazê-lo, salvo o que se dispõe em 5.8 e 8.1 II.

9.2. O Prestador do Serviço não é responsável por qualquer falha técnica, que não lhe seja directamente imputável, nomeadamente, de ordem informática, que mantenha o seu site temporariamente indisponível para os Utilizador/Vendedor e/ou Visitante/Interessado, a qual não confere qualquer direito a indemnização.

10. DISPOSIÇÕES DIVERSAS

10.1. O não exercício, ou o exercício tardio ou parcial, de qualquer direito que assista ao Prestador do Serviço ao abrigo das presentes Condições Gerais de Utilização ou de qualquer disposição aplicável, não importa a renúncia a esse direito, não impede o seu exercício posterior e não constitui mora ou novação da dívida.

10.1. A Tabela I, anexa às presentes Condições Gerais de Utilização faz parte integrante das mesmas para todos os efeitos legais e contratuais.

10.2. Sem prejuízo do número seguinte e salvo declaração em contrário, as presentes Condições Gerais de Utilização poderão ser alteradas com efeitos imediatos, sem que tenha existido oposição escrita por parte do Utilizador/Vendedor.

10.3. O Utilizador/Vendedor autoriza expressamente o Prestador do Serviço a ceder a sua posição contratual e/ou o crédito ao mesmo inerente, a qual produzirá os seus efeitos a partir da data da recepção pelo Utilizador/Vendedor, de comunicação escrita da respectiva cedência.

10.4. A prestação do serviço Standvirtual está dependente da total aceitação destas Condições, pelo que se não concorda com as mesmas não poderá usar o nosso serviço.

10.5. Fazem parte integrante destas Condições de Serviço, para todos os efeitos legais, os anexos abaixo indicados que deverão também ser lidos pelos utilizadores: Política de Privacidade

11. COMUNICAÇÕES

11.1. Salvo disposição em contrário, todas as comunicações entre as partes relativamente às presentes condições gerais de utilização devem ser feitas por escrito, no caso Utilizador/Vendedor para a morada/sede ou endereço electrónico que conste do formulário de registo, no caso do Prestador do Serviço para a morada/sede ou endereço electrónico publicado no site do Prestador do Serviço.

11.2. As comunicações escritas considerar-se-ão realizadas na data da respectiva recepção da carta ou correio electrónico, ou se fora das horas normais de expediente, no primeiro dia útil imediatamente seguinte.

11.3. Para efeitos de realização de citação no âmbito de acção judicial destinada ao cumprimento de obrigações pecuniárias emergentes de contrato, as partes convencionam as moradas indicadas em 11.1.

12. DESPESAS

Ficam a cargo do Utilizador/Vendedor todas as despesas judiciais e extrajudiciais em que o Prestador do Serviço venha a incorrer para garantir a cobrança dos seus créditos e/ou em virtude do incumprimento pelo Utilizador/Vendedor das obrigações emergentes das presentes Condições Gerais de Utilização, designadamente honorários de advogados e solicitadores.

13. LEI APLICÁVEL E JURISDIÇÃO

As presentes Condições Gerais de Utilização estão sujeitas à Lei Portuguesa e para todas as questões delas emergentes as partes elegem o foro da Comarca de Lisboa.

CARREGAR CONTA
Todos os carregamentos de Conta têm a validade de 30 dias.

14. INFORMAÇÃO AO CONSUMIDOR

O que é a resolução alternativa de litígios?

A resolução alternativa de litigioso é a possibilidade que todos os consumidores têm ao seu dispor de recorrer e entidades oficiais que os ajudem na resolução, ou orientação de algum conflito, antes de abrirem processos litigioso nos Tribunais.


Regra geral, o procedimento é o seguinte: o cliente pede a um terceiro imparcial que intervenha como intermediário entre si e o comerciante que é o alvo da sua reclamação. O intermediário pode sugerir uma solução para a sua reclamação, impor uma solução a ambas as partes ou reunir as partes para encontrar uma solução.

Assim, se ficou insatisfeito com a aquisição de um serviço no nosso site, ou com a solução por nós apresentada para resolver a situação, pode contactar uma das entidades autorizadas a efectuar a mediação e expor a sua contestação.

Centro de Informação de Consumo e Arbitragem Porto - CICAP

Morada: Rua Damião de Góis, 31, Loja 6, 4050-225, Porto

Telef.:+351 22 550 83 49 / +351 22 502 97 91

Fax:+351 22 502 61 09

E-mail: cicap@cicap.pt

Sítio electrónico: http://www.cicap.pt/

Centro de Arbitragem de Conflitos de Consumo do Vale do Ave / Tribunal Arbitral – CACCVA

Morada: Rua Capitão Alfredo Guimarães, 1, 4800-019 Guimarães

Telef.:+351 253 422 410

Fax:+351 253 422 411

E-mail: triave@gmail.com

Sítio electrónico: http://www.triave.pt/

Centro Nacional de Informação e Arbitragem de Conflitos de Consumo - CNIACC

Correio: Faculdade de Direito da Universidade Nova de Lisboa, Campus de Campolide,

1099-032 Lisboa

Telef.: 21 384 74 84

E-mail: cniacc@fd.unl.pt

Sítio electrónico: http://www.arbitragemdeconsumo.org/index.php

Para mais informações devem consultar o Portal do Consumidor - www.consumidor.pt - ou ainda aceder à plataforma de resolução de litígios em linha - https://webgate.ec.europa.eu/odr/main/index.cfm?event=main.home.chooseLanguage.
Se é um consumidor residente noutro Estado-Membro, pode ainda efectuar a sua reclamação através do Centro Europeu do Consumidor, acedendo ao sítio eletrónico - http://cec.consumidor.pt/ “

 

INFORMAÇÃO LEGAL:


A partir de 1 de Janeiro de 2013 entram em vigor as alterações no Código do IVA introduzidas pelo Decreto-Lei n.º 197/2012, de 24 de Agosto 2012:
- A emissão de factura é obrigatória para todas as transmissões de bens e prestações de serviços, independentemente da qualidade do adquirente dos bens ou destinatário dos serviços e ainda que estes não a solicitem, qualquer que seja o sector de actividade em causa;
- Nas facturas processadas através de sistemas informáticos, todas as menções obrigatórias, incluindo o nome, a firma ou a denominação social e o número de identificação fiscal do sujeito passivo adquirente, devem ser inseridas pelo respectivo programa ou equipamento informático de facturação;
- A indicação na factura da identificação e do domicílio do adquirente ou destinatário que não seja sujeito passivo não é obrigatória nas facturas de valor inferior a (euro) 1000, salvo quando o adquirente ou destinatário solicite que a factura contenha esses elementos;
- A indicação na factura do número de identificação fiscal do adquirente ou destinatário não sujeito passivo é sempre obrigatória quando este o solicite.
alínea b) do nº 1 do Artigo 29º do CIVA
nº 14, nº 15 e nº 16 do Artigo 36º do CIVA
Com a entrada em vigor destas alterações legislativas caso o utilizador deseje que na factura constem os seus dados fiscais os mesmos devem ser introduzidos no seu registo, não será possível efectuar alterações posteriores à aquisição do serviço e respectiva emissão da factura

É empresário do ramo? Conta profissional
Acompanhe-nos:
Facebook Youtube