carro elétrico a carregar

5 min

Ter um elétrico é mais fácil do que pensa. Saiba porquê

Conteúdo patrocinado por EDP

Portugal é um dos países que está na frente da mobilidade elétrica na União Europeia

Sabia, por exemplo, que existem em média 15 carregadores públicos por cada 100km de estrada?

Isto, aliado à cada vez maior capacidade das baterias, e por consequente, da maior autonomia, faz com que hoje em dia, percorrer mais de 400 km num carro elétrico não seja, de todo, uma dor de cabeça.

Com a ajuda da EDP, desmistificamos e descomplicamos alguns dos preconceitos que ainda existem sobre a mobilidade elétrica, para que a compra do seu carro elétrico seja uma compra tranquila.

 

Saiba por que é tão fácil e prático ter um carro elétrico

carro elétrico

Baterias

As baterias dos carros elétricos têm uma vida útil estimada de 30 anos, segundo dados da UVE, sendo que destes 30 anos, pelo menos 15 serão passados a alimentar o motor de um carro elétrico. 

Depois desses 15 anos, estas baterias podem ser reutilizadas noutras funções, como por exemplo, armazenar energia elétrica em habitações, empresas ou edifícios públicos, antes de, por fim, e no último ciclo, serem recicladas. 

As baterias dos carros elétricos, como são feitas a partir de iões de lítio, podem ser recicladas quase na sua totalidade. Ou seja, para além de durarem praticamente toda a vida útil do automóvel, e ao contrário do que se pensa, não são prejudiciais para o ambiente, e têm quase sempre uma 2ª vida.

Garantia

Mas… e se porventura, as baterias avariarem antes dos 15 anos? 

Efetivamente pode acontecer… Os carros não são máquinas perfeitas, independentemente de serem a combustão ou elétricos. 

Mas os carros elétricos já estão desenvolvidos a tal ponto que a confiança das marcas nesta tecnologia é total, tanto que, a garantia destes automóveis é por norma sempre superior à garantia de um modelo equivalente a combustão.

A grande generalidade das marcas oferece garantias de 7, 8 ou até 10 anos nos modelos  eletrificados.

Mais um motivo para poder comprar um elétrico de forma tranquila.

Manutenção

Faz ideia porque é que as marcas oferecem garantias tão longas nos automóveis elétricos? A resposta é simples: porque a complexidade mecânica desta tecnologia é muito inferior à dos carros a combustão. 

Ao existirem menos partes mecânicas, existe uma menor necessidade de manutenção e substituição das peças, e por consequência, menores custos de manutenção.

Pois é: num carro elétrico, para além dos check-ups regulares ao estado da bateria e updates do sistema de gestão eletrónico, a maioria dos fabricantes prevê apenas a necessidade de substituir alguns consumíveis como pastilhas de travão, escovas e pneus, ou, eventualmente, alguns componentes de suspensão devido a desgaste do uso quotidiano. 

Ao não existir um motor térmico, não são necessárias mudanças de óleos, de filtros ou correias. 

Portanto, sim, em termos de manutenção, é mais barato ter um carro elétrico do que um carro a combustão… Segundo dados da UVE, a Associação de Utilizadores de Veículos Elétricos, o custo médio da manutenção anual de um carro 100% elétrico é de €50, enquanto num carro a combustão é de €180.

Carregue o seu carro dentro e fora de casa

Custos de Carregamento

Mas… não é só na manutenção que ter um carro elétrico é mais barato. É que o custo de utilização por KM percorrido… é também bastante menor.

Se percorrer 50km por dia, ou seja, cerca de 1500km por mês, um carregamento em casa, numa tarifa bi-horária com a EDP pode custar-lhe cerca de 25€ (custo por kW 0,09€).

Neste momento, com o custo médio dos combustíveis a rondar os 2€ por litro, e com perspetivas de continuarem em escalada, percorrer a mesma distância num carro a combustão custaria entre 160€ e 200€, dependendo da tipologia de combustível.  

E além disso, graças às soluções de carregamento da EDP, carregar um carro elétrico em casa é bastante fácil e cómodo. 

Existem carregadores domésticos por valores a começarem nos 22€/mês durante 36 meses, ou 803€, com instalação incluída, e que serão capazes de carregar a bateria do seu carro na totalidade durante a noite, para que quando acorde tenha o seu carro sempre com a bateria máxima ao seu dispor. 

Além disso, estes carregadores garantem também uma melhor gestão da vida útil da bateria, que para durarem o máximo possível, devem idealmente privilegiar os carregamentos mais lentos, e manter sempre níveis de bateria entre 20% e 80%.

Agora que já conhece a realidade de alguns dos mitos sobre carros elétricos, ainda tem dúvidas que o futuro já chegou?

Mais artigos da mesma categoria

5 carros elétricos usados até 50.000€

O mercado dos carros elétricos tem vindo a crescer exponencialmente nos últimos anos, pela mudança de hábitos dos automobilistas, ajudada também por interessantes incentivos fiscais…

Carros híbridos: saiba quanto pode poupar

Os carros elétricos representam uma fatia do mercado cada vez maior, mas ainda há quem ponha as mãos à cabeça só de pensar em ficar…

Carros elétricos e híbridos que vão chegar em 2021

Ao longo deste ano é esperada uma verdadeira avalanche de carros eletrificados, sejam BEV, ou seja, 100% assentes numa bateria recarregável, ou híbridos, puros (HEV)…

Será que compensa ter um carro elétrico?

Apesar do aumento da produção e de modelos de veículos movidos com a energia eléctrica, há ainda quem coloque reticências sobre se compensa ter um…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional