5 min

Review Nissan Micra (2018)

O Nissan Micra é, de qualquer ângulo que se aprecie, um automóvel extremamente atraente e muito bem conseguido esteticamente, batendo a concorrência aos pontos por larga margem!

Uma frente em cunha e uma linha de cintura ondeante transmitem-lhe um ar muito dinâmico e fora do habitual. É quase uma pena que não haja uma versão mais desportiva, tipo ‘Nismo’, porque é fácil supôr que seria um enorme sucesso!

Interior 

nissan micra

O Nissan Micra e o Reanult Clio, são primos não muito afastados e por essa mesma razão, em termos de espaço interior e capacidade de mala, não existem grandes diferenças a apontar. Contamos com uma bagageira com 300 litros de capacidade, expansível até aos 1004 litros graças ao rebatimento dos bancos traseiros. Sentados nos lugares traseiros, o espaço não é abundante mas apenas ‘adequado’ para dois adultos com uma estatura até 1.80m de altura. O espaço para as pernas é suficiente e não existem falhas no que toca ao espaço para a cabeça.

A configuração das janelas traseiras, a par com os vidros escurecidos, limitam a visão exterior e condicionam ligeiramente na visibilidade a 3/4 quando em manobras de marcha-atrás. Acedendo aos lugares dianteiros, destacam-se os bancos bi-color não apenas agradáveis à vista mas também capazes de proporcionar um bom apoio lateral. No entanto, a zona do assento pareceu-nos um pouco curto, deixando a sensação de meia perna pouco apoiada. Graças à multiplicidade de regulações é fácil obter uma boa posição de condução, sendo o novo volante uma das peças em destaque. No entanto, a Nissan optou por adoptar um volante de fundo plano, algo bastante em voga, mas que não aporta claras valias à agradabilidade de utilização.

Onde este Micra claramente se demarca do seu primo Clio é na qualidade e design com que este interior está feito! É rapidamente perceptível um grande cuidado posto na escolha de materiais e robustez de montagem. Plásticos moles na parte superior do tablier, apliques em tecido em toda a zona frontal do tablier e pele sintética com costuras em na zona inferior da consola central, dão-lhe um ar não só extremamente moderno, como o elevam para um outro patamar de qualidade. Em termos de equipamento disponível, estas unidades passam com nota elevada, chegando a ser desconcertante a profusão de sistemas que um veículo deste segmento oferece hoje em dia. Sistema de navegação, cruise control com limitador de velocidade, sistema multimédia com Bluetooth e audio streaming, tomadas AUX e USB, avisos de colisão iminente com função de travagem, etc.

Procura um Nissan Micra? Veja os disponíveis no Standvirtual

Motorizações e condução

Logo desde os primeiros metros percorridos, o Micra consegue transmitir uma agradável sensação ao volante. O tricilindrico com 900cm3 turbo e 140Nm às 2.250rpm responde com imensa disponibilidade a partir das 1.500/700rpms e daí para cima, nunca se sente falta de força em nenhum regime, sendo os 90cv às 5.500rpms responsáveis por uma velocidade máxima de 175km/h e 0-100km/h em apenas 12,1s Este 0.9 IG-T de origem Renault revela-se sempre um pouco ruidoso, apesar de revelar um bom isolamento de vibrações (melhor que o primo Clio), mesmo em regimes mais altos.

Todavia, se deixamos cair as rotações abaixo das 1.300/1.400rpm, o motor ‘queixa-se’ e revela alguma preguiça para subir de rotação após essa quebra. Nada que não se resolva com recurso à muito agradável caixa manual de 5 velocidades, que não só prima por um tato extremamente agradável, como se encontra bem escalonada e com o seu punho a uma distância e colocação primorosas em relação ao volante. A fiabilidade reconhecida a este motores é boa, havendo no entanto a apontar algumas fragilidades no que toca à parte elétrica.

Em termos dinâmicos, é um citadino com 90cv desprovido de qualquer pretensão desportiva. Demonstra um pisar confortável q.b. e um adornar de carroçaria muito bem controlado. Ainda assim, e mesmo forçando o andamento, não foram perceptíveis quaisquer reações nefastas e só se lamenta a presença de travões de tambor no eixo traseiro que limitam de alguma forma o poder de travagem. A marca anuncia um consumo médio de 4,4l/100, mas tal valor só é possível de lograr se rodarmos de forma muito comedida e sem nunca ultrapassar os 100km/h. Será mais comum contar com médias em torno dos 6.0/7.0ltrs/100kms, podendo mesmo superar os 8.0l/100 se pisarmos o acelerador com alguma convicção!

Este Micra não é só de nome e revela-se ‘micro’ a poluir, pois emite apenas 99gr/km, cumprindo com a norma Euro6. O IUC anual, é portanto um simpático valor de 102,81€ Apesar de se tratar de um modelo bastante recente. é possível encontrar várias unidades com esta mesma motorização na plataforma do Standvirtual, com preços entre os 11,600€ para viaturas de 2017 até aos 18.000€ para veículos já matriculados em 2019. Pertencente a um segmento onde a concorrência é feroz, este pequeno grande Micra demarca-se como um produto esteticamente diferente e com níveis de qualidade muito elevados.

Nissan Micra no Standvirtual

Nissan Micra 2019

Nissan Micra 2018

Nissan Micra 2017

Nissan Micra 2016

Nissan Micra 2015

Leia também:

eyJpZCI6IjIyNDIzMjE1NDkzIiwibmV0d29ya0NvZGUiOiIxMDA3ODM3IiwiZWZmZWN0aXZlUm9vdEFkVW5pdElkIjoiNTA5MjI3IiwibmFtZSI6IkFQX0xCX1RvcCIsInBhcmVudFBhdGgiOlt7ImlkIjoiNTA5MjI3IiwibmFtZSI6ImNhLXB1Yi0zMDIzMTkxOTk4Mjg1MTk3IiwiYWRVbml0Q29kZSI6ImNhLXB1Yi0zMDIzMTkxOTk4Mjg1MTk3In0seyJpZCI6IjIwMzU2NTkwOTY3IiwibmFtZSI6IjFfU3RhbmRWaXJ0dWFsIiwiYWRVbml0Q29kZSI6IjFfU3RhbmRWaXJ0dWFsIn0seyJpZCI6IjIxNzg0MTIzODQwIiwibmFtZSI6IlNUVl9ibG9nIiwiYWRVbml0Q29kZSI6IlNUVl9ibG9nIn0seyJpZCI6IjIyNDIxODkyMzI0IiwibmFtZSI6IkJsb2dfRGVza3RvcCIsImFkVW5pdENvZGUiOiJCbG9nX0Rlc2t0b3AifV0sImFkVW5pdENvZGUiOiJBUF9MQl9Ub3AiLCJkZXNjcmlwdGlvbiI6IiIsImlzRmx1aWQiOmZhbHNlLCJpc05hdGl2ZSI6ZmFsc2UsImFkVW5pdFNpemVzIjp7InNpemUiOnsid2lkdGgiOiI3MjgiLCJoZWlnaHQiOiI5MCIsImlzQXNwZWN0UmF0aW8iOiJmYWxzZSJ9LCJlbnZpcm9ubWVudFR5cGUiOiJCUk9XU0VSIiwiZnVsbERpc3BsYXlTdHJpbmciOiI3Mjh4OTAifX0=
eyJpZCI6IjIyNDIzMjIwNDM0IiwibmV0d29ya0NvZGUiOiIxMDA3ODM3IiwiZWZmZWN0aXZlUm9vdEFkVW5pdElkIjoiNTA5MjI3IiwibmFtZSI6IkFQX01yZWNfTW9iaWxlXzEiLCJwYXJlbnRQYXRoIjpbeyJpZCI6IjUwOTIyNyIsIm5hbWUiOiJjYS1wdWItMzAyMzE5MTk5ODI4NTE5NyIsImFkVW5pdENvZGUiOiJjYS1wdWItMzAyMzE5MTk5ODI4NTE5NyJ9LHsiaWQiOiIyMDM1NjU5MDk2NyIsIm5hbWUiOiIxX1N0YW5kVmlydHVhbCIsImFkVW5pdENvZGUiOiIxX1N0YW5kVmlydHVhbCJ9LHsiaWQiOiIyMTc4NDEyMzg0MCIsIm5hbWUiOiJTVFZfYmxvZyIsImFkVW5pdENvZGUiOiJTVFZfYmxvZyJ9LHsiaWQiOiIyMjQyMTg5MTQzMCIsIm5hbWUiOiJCbG9nX01vYmlsZSIsImFkVW5pdENvZGUiOiJCbG9nX01vYmlsZSJ9XSwiYWRVbml0Q29kZSI6IkFQX01yZWNfTW9iaWxlXzEiLCJkZXNjcmlwdGlvbiI6IiIsImlzRmx1aWQiOmZhbHNlLCJpc05hdGl2ZSI6ZmFsc2UsImFkVW5pdFNpemVzIjp7InNpemUiOnsid2lkdGgiOiIzMDAiLCJoZWlnaHQiOiIyNTAiLCJpc0FzcGVjdFJhdGlvIjoiZmFsc2UifSwiZW52aXJvbm1lbnRUeXBlIjoiQlJPV1NFUiIsImZ1bGxEaXNwbGF5U3RyaW5nIjoiMzAweDI1MCJ9fQ==
eyJpZCI6IjIyNDIzNDM3Mjg3IiwibmV0d29ya0NvZGUiOiIxMDA3ODM3IiwiZWZmZWN0aXZlUm9vdEFkVW5pdElkIjoiNTA5MjI3IiwibmFtZSI6IkFQX0xCX0JvdHRvbSIsInBhcmVudFBhdGgiOlt7ImlkIjoiNTA5MjI3IiwibmFtZSI6ImNhLXB1Yi0zMDIzMTkxOTk4Mjg1MTk3IiwiYWRVbml0Q29kZSI6ImNhLXB1Yi0zMDIzMTkxOTk4Mjg1MTk3In0seyJpZCI6IjIwMzU2NTkwOTY3IiwibmFtZSI6IjFfU3RhbmRWaXJ0dWFsIiwiYWRVbml0Q29kZSI6IjFfU3RhbmRWaXJ0dWFsIn0seyJpZCI6IjIxNzg0MTIzODQwIiwibmFtZSI6IlNUVl9ibG9nIiwiYWRVbml0Q29kZSI6IlNUVl9ibG9nIn0seyJpZCI6IjIyNDIxODkyMzI0IiwibmFtZSI6IkJsb2dfRGVza3RvcCIsImFkVW5pdENvZGUiOiJCbG9nX0Rlc2t0b3AifV0sImFkVW5pdENvZGUiOiJBUF9MQl9Cb3R0b20iLCJkZXNjcmlwdGlvbiI6IiIsImlzRmx1aWQiOmZhbHNlLCJpc05hdGl2ZSI6ZmFsc2UsImFkVW5pdFNpemVzIjp7InNpemUiOnsid2lkdGgiOiI3MjgiLCJoZWlnaHQiOiI5MCIsImlzQXNwZWN0UmF0aW8iOiJmYWxzZSJ9LCJlbnZpcm9ubWVudFR5cGUiOiJCUk9XU0VSIiwiZnVsbERpc3BsYXlTdHJpbmciOiI3Mjh4OTAifX0=
eyJpZCI6IjIyNDIzMjIxMTc1IiwibmV0d29ya0NvZGUiOiIxMDA3ODM3IiwiZWZmZWN0aXZlUm9vdEFkVW5pdElkIjoiNTA5MjI3IiwibmFtZSI6IkFQX01yZWNfTW9iaWxlXzIiLCJwYXJlbnRQYXRoIjpbeyJpZCI6IjUwOTIyNyIsIm5hbWUiOiJjYS1wdWItMzAyMzE5MTk5ODI4NTE5NyIsImFkVW5pdENvZGUiOiJjYS1wdWItMzAyMzE5MTk5ODI4NTE5NyJ9LHsiaWQiOiIyMDM1NjU5MDk2NyIsIm5hbWUiOiIxX1N0YW5kVmlydHVhbCIsImFkVW5pdENvZGUiOiIxX1N0YW5kVmlydHVhbCJ9LHsiaWQiOiIyMTc4NDEyMzg0MCIsIm5hbWUiOiJTVFZfYmxvZyIsImFkVW5pdENvZGUiOiJTVFZfYmxvZyJ9LHsiaWQiOiIyMjQyMTg5MTQzMCIsIm5hbWUiOiJCbG9nX01vYmlsZSIsImFkVW5pdENvZGUiOiJCbG9nX01vYmlsZSJ9XSwiYWRVbml0Q29kZSI6IkFQX01yZWNfTW9iaWxlXzIiLCJkZXNjcmlwdGlvbiI6IiIsImlzRmx1aWQiOmZhbHNlLCJpc05hdGl2ZSI6ZmFsc2UsImFkVW5pdFNpemVzIjp7InNpemUiOnsid2lkdGgiOiIzMDAiLCJoZWlnaHQiOiIyNTAiLCJpc0FzcGVjdFJhdGlvIjoiZmFsc2UifSwiZW52aXJvbm1lbnRUeXBlIjoiQlJPV1NFUiIsImZ1bGxEaXNwbGF5U3RyaW5nIjoiMzAweDI1MCJ9fQ==

Mais artigos da mesma categoria

Review Jaguar I-Pace: carro do ano 2019

O Jaguar I-Pace não é apenas mais um elétrico premium. Foi considerado "o carro do ano" em 2019, e é um sério rival dos Tesla,…

Review Ford Focus SW (2017)

O nome ‘Focus’ já marca presença no mercado há mais de 20 anos e esta, é a versão ‘Sportbreak’ do modelo que esteve disponível até…

Review BMW Série 4 418d GranCoupé (2019)

Se existe algo que sempre caracterizou a BMW, foi a sua capacidade em criar carros de elevado apuro dinâmico e sobretudo, bastante emocionais. Condução [embedyt]…

Review Ford Fiesta (2016)

Este pequeno Ford Fiesta consegue realmente colocar-nos um sorriso de orelha a orelha, oferecendo um chassis muito bem equilibrado entre o confortável e o dinâmico!…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional