precos dos carros o que deve um stand ter em conta

5 min

Preços dos carros: o que deve um stand ter em conta

É difícil evitar a seguinte expressão, que nos habituámos a ouvir e a proferir: “Há um antes e um depois da covid-19”. E a verdade é que, no que aos preços dos automóveis novos diz respeito, essa perceção é, de resto, bastante clara.

A subida dos preços dos carros novos resulta de diversos fatores. E para adensar ainda mais esta temática, junta-se a perda do poder de compra dos consumidores face ao clima de incerteza e ao contexto internacional difícil.

Mas não foram apenas os preços dos carros novos que aumentaram. Os modelos seminovos também ficaram mais “valiosos”, situação que pode, diga-se em abono da verdade, interessar a quem comercializa automóveis deste segmento.

Procura um carro usado? Faça uma pesquisa em Standvirtual

Contudo, os aumentos não vieram de repente e a pandemia não explica tudo. Existem, por isso, outros fatores que contribuíram para a subida dos preços dos carros. Ao longo das próximas linhas, vamos abordar as razões que conduziram a esta situação.

Mercado automóvel em Portugal

Segundo a Associação Automóvel de Portugal (ACAP), o mercado nacional registou, em termos globais, de janeiro a maio de 2022, 71.895 novos veículos vendidos, o que representou uma queda de 40,6% face a igual período de 2019 e uma regressão de 6,7% comparativamente aos mesmos cinco meses de 2021.

Os dados mais recentes dão conta que, em maio de 2022, foram matriculados, pelos representantes legais de marca a operar em Portugal, 14.903 automóveis, ou seja, menos 44,1% do que em igual mês de 2019 e menos 24,2% face a maio de 2021.

Carros ligeiros de passageiros novos

Por categorias e tipologias de veículos, comecemos pelos ligeiros de passageiros novos. No mês de maio de 2022, foram matriculados, em Portugal, 12.748 unidades, ou seja, menos 43,9% do que no mesmo mês de 2019. Em comparação com maio de 2021, o mercado registou, também, uma contração: 23,5%.

Já em termos acumulados, de janeiro a maio de 2022 as matrículas de veículos ligeiros de passageiros totalizaram 59.939 unidades, o que se traduziu numa variação negativa de 42% relativamente a período homólogo de 2019. Em comparação com igual período de 2021, o mercado registou, também, uma queda: 4,1%.

No que aos tipos de energia dos veículos ligeiros de passageiros novos diz respeito, os dados da ACAP revelam que, entre janeiro e maio de 2022, 42,3% do volume total incidiu sobre modelos a gasolina, 18,5% a gasóleo e 39,2% a “fontes” alternativas (16,1% HEV; 10,6% PHEV; 10% BEV).

Carros ligeiros de mercadorias novos

Agora, os veículos ligeiros de mercadorias novos, que registaram, no quinto mês de 2022, um quadro negativo (queda de 53,2%) face ao mês homólogo de 2019, situando-se em 1.623 unidades matriculadas. Quando comparado com igual mês de 2021, verificou-se, também, um decréscimo: 37%.

Em termos acumulados, o mercado dos veículos ligeiros de mercadorias novos atingiu 9.787 unidades, o que representou um decréscimo de 36,2% face ao mesmo período (janeiro a maio) de 2019 e uma queda de 21,8% comparativamente ao período homólogo de 2021.

Veículos pesados novos

Por último, o segmento dos veículos pesados novos, o qual engloba as tipologias de passageiros e de mercadorias. Em maio de 2022, verificou-se um aumento de 14,2% em relação ao mês homólogo de 2019, tendo sido comercializados 532 veículos desta categoria. Em comparação com igual mês de 2021, o mercado registou, também, um aumento: 23,1%.

No que se refere ao período de janeiro a maio de 2022, as matrículas desta categoria totalizaram 2.169 unidades, o que representou um decréscimo de 5,9% relativamente ao período homologo de 2019 e um aumento de 4,9% face a janeiro-maio de 2021.

Por que razão aumentaram os preços?

A pandemia, como mencionado acima, teve uma grande influência nesta questão, ao afetar a produção de componentes essenciais para o fabrico dos automóveis, devido ao encerramento temporário e à diminuição da atividade das unidades industriais.

Artigo relacionado: Crise de cablagens atrasa produção automóvel

Os fabricantes diminuíram a produção de veículos, uma vez que não chegavam semicondutores em número suficiente às fábricas para fazer face às necessidades. Uma vez que a indústria da tecnologia precisava dessas peças para fabricar os seus componentes, o setor não conseguiu fazer face à procura.

A juntar a este fator, está o aumento da procura, que não está equilibrado com a capacidade de produção das empresas. Todos estes aspetos fizerem com que os preços dos automóveis novos tivessem subido.

De que forma os carros usados valorizaram?

Com o aumento dos preços dos automóveis novos, há uma tipologia de negócio que começa a obter uma valorização de preços: os carros usados. A diminuição de modelos novos no mercado, devido à escassez de semicondutores, faz com que os consumidores olhem para os carros usados com maior atenção.

A contração da economia (consequência da perda do poder de compra e da incerteza no futuro), as paragens na produção e a falta de componentes, são fatores que explicam por que razão os carros usados têm vindo a valorizar-se, com a compra online, hoje, a assumir bem mais expressão.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

Como potencializar o seu negócio: A importância das vendas digitais

A pandemia veio sem dúvida acelerar a transição para o digital, mas não tomou, nem tomará o lugar das vendas físicas. No entanto, estar presente…

Como potencializar o seu negócio: Como gerar credibilidade e confiança

Não há dúvida que a credibilidade e a confiança que os clientes têm nos seus fornecedores são um dos melhores indicadores na hora da conversão…

Prémios Standvirtual 2022

Apesar de 2021 ter sido um ano atípico para o setor automóvel, com aumentos exponenciais de preços e dificuldades extremas na reposição de stock, os…

Análise do mercado: O panorama mensal com os principais indicadores de compra e venda

O ano de 2020 trouxe desafios acrescidos e uma incerteza que afetou, e continua a afetar toda a indústria automóvel até aos dias de hoje.…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional