3 min

O que devo saber antes de pedir financiamento automóvel

É uma realidade: no momento de trocar ou adquirir um automóvel, são poucas as pessoas que conseguem pagá-lo a pronto. Por impossibilidade financeira ou gestão de recursos, a procura por soluções de financiamento automóvel tem crescido e não apresenta sinais de contenção.

Este crédito pode ser solicitado junto de bancos ou concessionários, e a taxa de juro a pagar varia sempre, de acordo com o montante pedido, o prazo definido e o automóvel em questão.

Se está numa fase de ponderação e precisa urgentemente de trocar de carro, descubra abaixo os 4 pontos-chave que deve ter em mente antes de proceder ao pedido de financiamento automóvel.

Qual o meu valor de entrada?

Este ponto é crítico. Um pedido de financiamento é uma relação a médio-longo prazo e, como tal, antes de nos comprometermos é necessário garantir que estamos preparados para lidar com ela. É importante definir quanto pode realmente pagar por mês, tendo em conta a entrada que está disposto a dar pelo carro e as mensalidades associadas ao financiamento automóvel.

Qual a duração que pretendo?

Quando falamos em médio-longo prazo, falamos de 5 a 6 anos de mensalidades. Esta é a duração média dos contratos de financiamento automóvel em Portugal (apesar de alguns créditos automóvel se prolongarem por mais uns anos).

Aqui a gestão é sua, uma maior duração equivale a mensalidades mais suaves, mas a um custo em taxas de juro muito superior.

Qual será o custo real da operação?

Antes de fazer o pedido de financiamento automóvel, é crucial ter noção do custo real que o novo automóvel trará à sua vida. Para além do valor do carro, há que adicionar seguro, manutenções, reparações, consumo de combustível e impostos.

Este valor de custo geral poderá influenciar o valor do pedido de financiamento, já que é importante garantir que esta nova aquisição não irá por em causa a sua saúde económica mensal.

Qual a melhor opção de financiamento?

A grande fórmula para conseguir poupar no pedido de crédito automóvel é ter noção da oferta e filtrar as melhores opções antes de gerar contacto.

É essencial procurar o máximo de informação possível sobre as várias formas de financiamento automóvel disponíveis, junto dos bancos e concessionários. Há que ter especial atenção a possível promoções das marcas, como, por exemplo, as campanhas frequentes de pagamento a “x meses sem juros”.

Faça simulações! Não faltam online ferramentas de simulação de financiamento automóvel, que nos dão um valor simulado do que poderemos gastar com o nosso pedido de crédito automóvel. Esta informação está disponível sem quaisquer custos e, para além de elucidativa, pode ser um ponto chave na nossa negociação das condições do financiamento.

É certo, quanto mais opções desbravadas tivermos, maior será a nossa capacidade de negociação e probabilidade de conseguirmos as melhores condições possíveis no nosso contrato de financiamento automóvel.

Mais artigos da mesma categoria

5 carros elétricos usados até 30.000€

Um carro elétrico é, cada vez mais, um sonho de muitos condutores, que anseiam não só pela condução silenciosa mas também pelos consumos mais amigos…

Conheça os carros mais económicos a gasóleo

Desde meados de 2015, com o escândalo da manipulação das emissões poluentes em milhões de motores de carros a gasóleo, a procura por mecânicas Diesel…

Como calcular o IUC em 2021

O Imposto Único de Circulação é um imposto anual que incide sobre a propriedade de um veículo. Ou seja, é caso para dizer que o…

Os carros mais baratos das marcas premium

Ter um carro de uma marca mais conceituada não só significa ter mais conforto e prazer enquanto estamos a conduzir. Representa também um estatuto perante…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional