toyota corolla cross

6 min

Toyota Corolla Cross: O carro mais vendido do mundo… agora em SUV

Os SUV são a carroçaria da moda, e o nome Corolla não conseguiu escapar a mais uma adaptação. O novo Corolla Cross vem reforçar a oferta da Toyota no segmento C, onde já oferecia versões de cinco portas, sedan, e carrinha.

Um SUV com selo de robustez, espaçoso, e perfeitamente adaptado à cidade. Vem carregado de tecnologia, e apenas está disponível com uma motorização híbrida.

Premissas mais que suficientes que justificam uma análise ao pormenor.

Em mais um ensaio do Standvirtual, conhecemos o novo Toyota Corolla Cross.

A Toyota tem já no mercado uma vasta oferta de SUV, mas acaba de lançar mais uma ofensiva.

A juntar-se ao Yaris Cross, CH-R, RAV4, Highlander e ao Land Cruiser, o Toyota Corolla Cross é a mais recente adição a este plantel de luxo, e que promete trazer consigo todas as armas para combater no concorrido terreno dos C-SUV.

Toyota Corolla: o carro mais vendido no mundo

Sendo o Toyota Corolla o carro mais vendido no mundo, o novo modelo da Toyota segue segue o ADN do seu “primo” Rav 4, que é o SUV mais vendido no Mundo, mas ao contrário deste, apresenta-se com dimensões ligeiramente mais modestas, e com um design menos talhado para a aventura.

No que toca ao interior, o Toyota Corolla Cross oferece uma excelente visibilidade para o condutor e amplo espaço para a cabeça e para as pernas de todos os passageiros.

E para facilitar a acessibilidade, as portas abrem num ângulo generoso e fixam-se em várias posições, um pormenor que se revela extremamente útil quando precisamos entrar ou sair em espaços mais apertados.

Ao nível da bagageira, o Corolla Cross disponibiliza 428L de capacidade, um valor que o deixa próximo dos 430L reivindicados pelo Renault Austral e ligeiramente abaixo dos 479L anunciados pelo Nissan Qashqai, dois rivais também híbridificados neste segmento.

Interior de referência

Além disso, também no interior contamos com um teto panorâmico que aumenta a sensação de espaço, que ao contracenar com uma cuidada escolha de materiais, fazem deste Corolla Cross um verdadeiro rival de qualquer SUV premium. Afinal de contas, falamos de um Toyota…

Interior Toyota

A quantidade de tecnologia presente a bordo deste modelo impressiona. Pela quantidade e pela qualidade.

Contamos com todas as ajudas à condução, e imagem só, cruise control que pode ser adaptativo, ou que permite desligar o radar de proximidade na totalidade, algo muito pouco comum nos carros modernos, e que apesar de ser uma característica de segurança, certamente em alguns momentos acaba por nos irritar.

Além disso, a Toyota apetrechou o interior deste Corolla Cross com um painel de instrumentos digital de 12,3”, que é o mais recente da fabricante nipónica, e um massivo ecrã central multimédia de 10,5”, que é compatível com Android Auto e Apple CarPlay, mantendo as funções de climatização e áudio em botões físicos robustos e de generosas dimensões.

Robusta também é o seletor de marchas, onde encontramos à semelhança de um elétrico um modo “B” de maior regeneração, mas que não é muito intenso, dando uma boa ajuda no trânsito, diminuindo a frequência de uso do pedal de travão.

Toyota Corolla Cross

O outro aspeto que realmente nos cativou foi a suavidade do pisar deste carro. A tranquilidade com que nos faz querer conduzi-lo faz por vezes esquecer o quão capaz é o conjunto propulsor híbrido do Corolla Cross.

Este carro junta um motor a gasolina de quatro cilindros com 2.0L de capacidade e 152 cv a um motor elétrico com 83 kW, ou 113 cv, que é alimentado por uma bateria de iões de lítio arrumada sob o banco traseiro, que quando trabalham juntos, atingem uma potência máxima combinada de 197cv.

Este conjunto associado a uma caixa CVT permitem este SUV acelerar dos 0 aos 100km/h nuns simpáticos 7,7s, e atingir facilmente uma velocidade máxima 180km/h, limitada eletronicamente. Valores que não envergonham.

É certo que comportamento em curva não entusiasma, mas é eficaz e de reações neutras, o que se pede num SUV com pretensões familiares, com os movimentos da carroçaria a parecerem sempre bem controlados, graças à ajuda da suspensão independente às quatro rodas.

Apesar de não ser o maior fã destas caixas de velocidades de variação contínua, por produzirem um barulho que por vezes chega a ser demasiado intrusivo no habitáculo, tenho que reconhecer que é a melhor amiga do sistema híbrido, e que é muito graças a esta tecnologia que este Corolla Cross consegue facilmente registar consumos na ordem dos 5L/100km em ciclo misto.

Caso sejamos realmente cautelosos no acelerador, o cérebro do carro acaba sempre por dar primazia ao sistema elétrico, e cheguei a registar valores de 3.8L a conduzir pelo centro de Lisboa. É possível, sim, mas exige alguma paciência, condução defensiva e cooperação do trânsito.

Em auto-estrada, os valores ascendem para a casa dos 7L, ligeiramente abaixo até, desde que mantenhamos a velocidade dentro dos limites razoáveis. Um valor bem aceitável para um modelo destas dimensões e potência.

Além disso, a comutação entre o sistema elétrico e o motor a combustão é praticamente imperceptível se formos gentis no acelerador, e essa é mais uma tónica que permite ao Corolla Cross ser tão prazeroso de conduzir.

Configura o teu novo Toyota Corolla Cross no Standvirtual

Por último, os preços. Na secção de novos do Standvirtual é possível configurar o novo Toyota Corolla Cross por valores a começarem nos 38.189€ para a versão Comfort.

A versão Luxury, a topo de gama, com todo este equipamento de conforto, tecnologia e segurança, tem preços a começarem nos 43.389€.

Valores altamente impactados pela fiscalidade incidente sobre motorização híbrida de 2L a gasolina, que não tem qualquer atenuante nos HEV, mas que ainda assim se revelam altamente competitivos tendo em conta a concorrência direta, e claro, todo o pacote que este SUV nos oferece.

 

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

Novo Nissan Leaf. Saiba tudo sobre o renovado eléctrico da Nissan

Lançado pela primeira vez em 2010, a primeira versão do Leaf dominou durante largos anos o mercado dos carros elétricos. Agora renovado, o novo Nissan…

Lexus LC500h: conheça este GT de luxo!

Um Grand Tourer com quase 400cv capaz de fazer consumos mais baixos do que um diesel compacto. Não acredita?! Olhe que existe e é o…

Review Renault Clio (2017)

O Renault Clio é, desde 2012, o carro mais vendido em Portugal. Mas porquê? Qual será o segredo para tamanho sucesso? Tentamos explicar o porquê…

Review BWW Série 3 (2019)

Em 2019 foi apresentada a 7ª geração do BMW Série 3, um modelo com mais de 40 anos de história e um dos mais bem…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional