Mercedes EQA

6 min

Mercedes EQA – É muito mais do que um GLA 100% elétrico

O EQA não é o primeiro 100% elétrico da Mercedes, mas é certamente o modelo que vai democratizar a eletricidade dos SUV da marca da estrela. E é a prova viva de que nem todos os elétricos têm que ter uma aparência pouco consensual. 

Em mais um ensaio do Standvirtual, fomos conhecer à lupa o novo Mercedes EQA, e explicamos porque é que este Mercedes tem grandes argumentos, não só contra o Tesla Model Y, mas contra praticamente qualquer automóvel.

Configura o teu novo Mercedes EQA no Standvirtual

 

O EQ em teoria um Mercedes GLA da nova geração 100% elétrico, mas na prática é muito mais do que isso. É o mais recente BEV da Mercedes e antecede os EQB, EQE e EQS, que deverão chegar ao mercado ainda durante este ano.

Para além da faixa LED que une as duas óticas, tanto na frente, como na traseira, características da linha EQ, beneficia ainda da maior presença da nova geração do GLA, sendo 130mm mais largo, 117mm mais alto, mas 7mm mais curto. É um Mercedes, que pela sua estética, dá nas vistas onde quer que passe. Mas é sobretudo Mercedes onde quem quer que o conduz, o sente.

Análise Interior

Interior Mercedes EQA

O interior do Mercedes EQA é em tudo semelhante ao do Mercedes Classe A. E não que isso seja um mau predicado. Pelo contrário, é algo que aporta valor a este EQA pois beneficia de um de os interiores mais completos, mais bem pensados e mais requintados do segmento.

As principais diferenças do Mercedes EQA para o Classe A residem em duas partes: nas portas, onde encontramos uma pega mais robusta, mais “à SUV”, e no painel à frente do lugar do pendura, que é retro-iluminado com as 64 cores disponíveis no sistema de infoentretenimento da Mercedes.

Já no que toca a espaço, no EQA é muito aceitável, tendo em conta claro que este é o SUV de entrada na gama da Mercedes, e por consequência, o mais compacto.

Interior Mercedes

Na bagageira existem 309L de capacidade, sensivelmente menos 90L do que no Mercedes GLA, isto fruto da colocação das baterias na parte inferior do chassis, “roubando” espaço ao volume disponível para carga.

Convém não esquecer que o Mercedes EQA é baseado na plataforma MFA da Mercedes, uma plataforma modular que permite a eletrificação, mas não é inteiramente dedicada a carros 100% elétricos, e como tal, alguns compromissos tiveram que ser feitos para poder alojar todas as baterias.

Ao volante

Mercedes EQA

Assim que percorremos os primeiros quilómetros ao volante do Mercedes EQA somos desde logo conquistados pelo conforto da suspensão. Este SUV tem a habilidade de ultrapassar as lombas e irregularidades na estrada sem que estas se tornem num importuno para os ocupantes, e mesmo apesar dos seus quase 2500kg, é um carro que não adorna em demasia nas curvas, deixando sempre confiante quem está ao volante. Um feito notável.

O habitat natural do Mercedes EQA é claramente a cidade, ambiente onde isola totalmente os passageiros do mundo exterior, tal a qualidade da insonorização deste carro. Lá de fora não entram ruídos parasitas, nem tampouco é perceptível o barulho da deslocação do ar sobre a carroçaria, ou o rolar dos pneus sobre o alcatrão. Neste capítulo é claramente um Mercedes à séria.

Em termos de números, o Mercedes EQA conta com um motor elétrico de 190cv e 375Nm de binário. E apesar de parecerem ser números modestos para o peso que este SUV apresenta, o andamento do EQA impressiona de tal forma que mesmo a 50km/h e colocando o pedal do acelerador a fundo, este carro tem dificuldade em colocar a potência no chão. 

O EQA está também equipado com uma bateria de 80kWh, mas por uma questão de fiabilidade, a Mercedes apenas permite uma utilização de 66,5kWh. Com um consumo anunciado de 15,7kWh/100km, em teoria o EQA seria capaz de percorrer perto de 480km. Valores totalmente plausíveis em circuito citadino, e até facilmente ultrapassados caso percorra trajetos com alguma regeneração, mas impossíveis em circuitos extra-urbanos, onde a altas velocidades o consumo da bateria supera facilmente os 20kWh, deixando o EQA com autonomias abaixo dos 300km se circular apenas em auto-estrada.

Mercedes EQA

Como em qualquer carro elétrico, a autonomia é muito relativa e dependerá sempre do ambiente, e sobretudo da forma, onde estes são conduzidos.

Em termos de performance, o Mercedes EQA 250 cumpre o sprint dos 0 aos 100km/h em 8,9 segundos e atinge uma velocidade máxima de 160km/h, limitada eletronicamente. Na verdade, a aceleração do EQA impressiona sempre até atingir a velocidade máxima, tal forma é sentida a desaceleração quando atingimos os 160km/h. 

E apesar de ser um carro de cariz mais citadino, desengane-se quem pensa que conduzir o EQA em auto-estrada não é um verdadeiro prazer.

 Saiba como carregar o seu carro elétrico em casa

E por fim, importa também conhecer os dados de carregamento do Mercedes EQA. Numa tomada doméstica poderemos esperar períodos de carregamento dos 10 aos 100% em aproximadamente 30h. Numa wallbox, esse tempo é reduzido para sensivelmente 8 horas. Num carregador rápido, de 50kW, uma carga entre os 10 e os 80% tardará sensivelmente 60 minutos.

Num futuro próximo, quando chegarem a Portugal os carregadores de 150kW de potência, esse tempo será reduzido para sensivelmente 30 minutos.

Preços

Os preços do Mercedes EQA em Portugal começam em torno dos 43.700€ + IVA, ou seja, aproximadamente 53.750€. Mas esta versão ensaiada, como estava apetrechadas de opcionais tinha um preço a rondar 60.000€, ou 49.000€ + IVA. 

No Standvirtual poderá encontrar exemplares semi-novos do Mercedes EQA por valores a partir dos 49.900€, ou então, se preferir, poderá configurar um Mercedes EQA ao seu gosto na secção de carros novos do Standvirtual.

Mercedes EQA no Standvirtual

Mercedes EQA 2021

 

Leia também:

 

Mais artigos da mesma categoria

Review Renault Clio (2017)

O Renault Clio é, desde 2012, o carro mais vendido em Portugal. Mas porquê? Qual será o segredo para tamanho sucesso? Tentamos explicar o porquê…

Review Renault Zoe (2018)

O Renault ZOE é um dos elétricos mais vendidos em Portugal, tendo acumulado números expressivos de vendas dentro do panorama Europeu. [embedyt] https://www.youtube.com/watch?v=9Q09tyHAXmg[/embedyt] Interior Sentados…

Review Peugeot 308 SW (2017)

Com quase 5000 unidades vendidas, a Peugeot 308 SW ocupou em 2018 o 9º lugar dos carros mais vendidos em Portugal. Conheça ao pormenor a…

Review Peugeot 2008 (2017)

2008, para muitos, é um algarismo sinónimo de crise financeira… Mas para a Peugeot, é sinónimo de fórmula de sucesso. O Peugeot 2008 foi o…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional