mobilidade urbana afeta mercado automovel portugal

5 min

Como a mobilidade urbana afeta o mercado automóvel em Portugal

A pé, de trotinete, de bicicleta, de moto, de carro, de autocarro, de metro, de elétrico ou, simplesmente, de… táxi. A mobilidade urbana é eclética e multifacetada. Mas a forma como as pessoas se deslocam nas cidades varia de acordo com o estrato social, estilo de vida, necessidades profissionais/particulares e contexto sociocultural.

De igual modo, a mobilidade urbana afeta o mercado automóvel, na medida em que as vendas de veículos sofrem oscilações, fruto, também, dessas transformações, que estão diretamente relacionadas com a conjuntura económica que, hoje, se vive e com a forma como se encara a utilização do carro dentro das cidades.

Nesse sentido, quem trabalha na venda de automóveis deve estar atento a todos esses fatores, de forma a poder tirar o melhor partido do contexto atual (a venda de motos elétricas nos stands de carros é apenas um exemplo).

Artigo relacionado: Motos elétricas: um segmento com muito potencial

Mas, antes de mais, como definir o conceito de mobilidade urbana? De uma forma simples, pode dizer-se que mobilidade urbana é a forma como a população de uma cidade se desloca dentro da mesma. Existem diversos meios de transporte que influenciam a qualidade de vida das pessoas que os utilizam.

O termo mobilidade urbana também é utilizado para questões políticas que visam melhorar a deslocação dos cidadãos nos espaços urbanos, preferencialmente através de alternativas sustentáveis, como o car sharing e o aluguer de bicicletas/trotinetes. O objetivo é proporcionar agilidade e conforto às pessoas, ao mesmo tempo que se minimiza o impacto ambiental dos meios de transporte.

Realidade nacional

De acordo com o INE (Instituto Nacional de Estatística), a população residente portuguesa supera os 10 milhões de habitantes, mais concretamente 10.334.802 (dados de 2021). Boa parte está concentrada em centros urbanos, como capitais de distrito e áreas metropolitanas.

O que gera, desde logo, um fluxo intenso de pessoas que se deslocam, diariamente, para os seus compromissos laborais ou de ensino. O transporte público é essencial para a mobilidade urbana, uma vez que se destina a colmatar as necessidades de uma fatia significativa da população.

Contudo, a pandemia fez com que as pessoas tivessem receio de partilhar os transportes públicos, mesmo com as regras sanitárias em vigor. Razão pela qual quer a utilização de viatura própria quer a venda de carros usados aumentou.

Agora que o país regressou à normalidade, são vários os cidadãos que continuem a utilizar o carro para se deslocarem para as cidades. Mas outros há que preferem os transportes públicos devido à escalada dos preços dos combustíveis, ao custo do estacionamento e até a questões ambientais.

Artigo relacionado: Preços dos carros o que deve um stand ter em conta 

Muitos carros que entram nas cidades transportam apenas o condutor. E mesmo com o trânsito intenso, quem opta por um veículo particular não abre mão da possibilidade de deslocar-se com muito maior conforto e segurança comparativamente a um transporte público.

Um fator que tem influenciado bastante as discussões sobre mobilidade urbana é a pandemia, que teve início em 2020. Conhecidos por circularem, geralmente, sobrelotados, os transportes coletivos, passaram a ser um verdadeiro problema para a segurança dos utilizadores.

Como mencionado anteriormente, a utilização dos transportes públicos, como o comboio, o metro e o autocarro, caiu durante a fase mais difícil da pandemia em relação ao período antes desta. Ao mesmo tempo, ter carro próprio e utilizar as apps de mobilidade na deslocação urbana são os meios preferidos pelos consumidores.

Ir ao encontro das necessidades do cliente

A apps de mobilidade são mais populares entre os jovens, que encaram, hoje, os automóveis de forma diferente comparativamente aos cidadãos mais velhos. Para um jovem, é muito mais fácil a sensação de posse dar lugar a um meio de transporte que o leve do ponto “A” ao ponto “B” do que num cidadão com mais idade.

Entre os aspetos mais relevantes para a compra de carro, os preços do combustível e do próprio produto são os que lideram as preocupações. Já no que toca aos hábitos de consumo, ter carro para uso pessoal, mesmo para quem está em regime de teletrabalho (total ou parcial), é ainda bastante valorizado.

Ao adquirirem um carro novo ou usado, os consumidores evidenciam algumas preocupações, que interferem, como é evidente, nas escolhas que fazem: preço do carro e do combustível, conforto e valor dos impostos são alguns exemplos.

Por isso, para quem trabalha na venda de automóveis, é fundamental oferecer um atendimento personalizado, através de um profissional capacitado, de modo a apresentar as melhores opções em função do perfil do cliente.

Quem atua no mercado automóvel, deve estar atento às tendências quer da indústria, quer dos consumidores. Só assim é possível investir em veículos que estejam alinhados com os desejos do público, oferecendo uma boa relação custo/benefício e garantindo mais vendas para alavancar o negócio.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

Como um bom atendimento ao cliente pode ajudar na venda de carros

O atendimento ao cliente é uma das áreas mais delicadas em qualquer setor comercial. Este é um serviço que precisa de equilíbrio para que, por…

Vai fazer um vídeo do carro para um anúncio? Conheça 7 dicas!

Conteúdo oferecido por Cofidis O mercado automóvel é um dos mais desafiadores e competitivos. Por esta mesma razão, os concessionários estão numa busca constante por…

Como não perder vendas: 5 fatores que fazem com que o seu concessionário perca clientes

Como sabe, o mercado automóvel é bastante competitivo, em que a guerra de ofertas é travada no pátio dos concessionários, que dependem de boas equipas…

Como fazer um planeamento operacional para o seu stand de automóveis

Colocar por escrito o planeamento operacional de uma empresa, atue ela em que segmento atuar, é uma estratégia eficiente para alcançar metas de produtividade e…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional