Citroen AMI chega em setembro e pode ser conduzido a partir dos 16 anos

6 min

Citroën AMI chega em setembro e pode ser conduzido com 16 anos

Tem sido um dos maiores desafios da indústria automóvel: encontrar produtos que rasguem com o conceito de mobilidade que tem o carro no centro. Mas a Citroën parece ter encontrado uma chave que permitirá abrir um novo caminho. Chama-se AMI e chega já na primeira semana de setembro.

O AMI 100% electric é uma proposta disruptiva, que se adequa às novas formas de consumo, aos novos desafios da mobilidade urbana e às preocupações ambientais, mostrando a capacidade da Citroën em fazer valer a sua veia ousada e criativa.

Com apenas dois lugares, o AMI é compacto, ágil e personalizável, ao mesmo tempo que não descura nos níveis de conforto e de segurança.

Citroen AMI frente

Com homologação de um quadriciclo ligeiro (tipo “L6e”), o AMI pode ser conduzido, em Portugal, por maiores de 16 anos, desde que apresentem carta de condução válida para a categoria B1.

Sendo 100% elétrico, pode aceder às zonas de baixas emissões dos centros das cidades, com uma condução fácil e silenciosa, e o seu motor, com potência de 6 kW, permite atingir os 45 km/h, o que o torna especialmente apetecível para as cidades. Mais ainda quando se olha para as suas medidas: 2,41 metros de comprimento, 1,39m de largura e 1,52m de altura. Também a sua configuração, com rodas de jante de 14’’, montadas nas extremidades da carroçaria, facilita as manobras.

Veja todos os carros elétricos à venda no Standvirtual

A autonomia atinge os 75 quilómetros, possível graças a uma bateria de 5,5 kWh de iões de lítio, que se recarrega em apenas três horas numa tomada elétrica normal de 220 V. Para usar os postos da rede pública ou uma Wallbox, a Citroën comercializa como opcional um cabo adaptado.

Citroën AMI: pequeno, mas espaçoso

Não há nenhuma dúvida de que o carro (ou quadriciclo se quisermos ser rigorosos) é mesmo pequenino. Mas isso não se sente no seu interior, extremamente bem iluminado graças às amplas superfícies vidradas (para-brisas, janelas laterais e óculo traseiro), que representam cerca de metade da superfície total abaixo da linha de cintura. As janelas laterais abrem em compasso para cima, como no mítico 2 CV.

Além de espaçoso, o habitáculo foi desenhado também para ser funcional. O acesso é facilitado por grandes portas, idênticas de ambos os lados, com abertura antagónica, ao passo que os dois bancos estão posicionados desfasadamente de forma a oferecer mais espaço e maior liberdade de movimentos aos ocupantes, tanto ao nível dos ombros, como das pernas.

Citroen AMI elétrico

O banco do condutor é ajustável em comprimento e o do passageiro, colocado mais para trás, é fixo. Já a posição de condução permite estar no mesmo nível dos outros condutores na estrada.

Os espaços de arrumação estão habilmente distribuídos pelo habitáculo: um nicho junto aos pés do passageiro tem capacidade para arrumar uma mala de cabine, por exemplo.

Pensado como uma alternativa aos transportes públicos e a outros meios individuais de transporte individuais de 2 ou 3 rodas, o AMI distingue-se pelo nível de proteção que oferece.

No campo das tecnologias, pouco lhe falha a partir do momento em que se apresenta completamente conectado e digital. Um espaço central pensado para o smartphone, permite que o condutor possa utilizar as suas apps favoritas, num sistema compatível com a condução (navegação, música).

Personalizável e distinto

O AMI é proposto em sete versões diferentes. A versão de entrada na gama, o AMI AMI, representa a expressão mais simples e serve de base para a montagem de quatro kits de personalização em quatro cores: MY AMI Orange, MY AMI Khaki, MY AMI Grey e MY AMI Blue.

Depois há o faça você mesmo, com um kit que inclui elementos decorativos funcionais: rede de separação central, redes nas portas, tapetes, compartimento de arrumação na parte superior do tabliê, ganchos para sacos, suporte para smartphone, compartimento DAT@MI (adaptador para Bluetooth) que, conectado à porta USB, permite conectar o smartphone à app My Citroën e apresentar no ecrã todas as informações essenciais sobre o AMI (autonomia, estado da carga, tempo restante para uma carga a 100%, quilometragem, marcação de serviços pós-venda, etc.).

Artigo relacionado: Os melhores carros elétricos para a cidade

O interior harmoniza-se com o exterior através de apontamentos coloridos que podemos encontrar nos embelezadores de rodas, nos stickers das janelas laterais traseiras ou na cápsula na zona inferior das portas. Este kit de acessórios permite criar a sua própria personalização e, simultaneamente, aumentar a funcionalidade.

Para os mais exigentes há ainda os pacotes MY AMI Pop e MY AMI Vibe: o primeiro, com um revestimento jovem e desportivo, a que se junta um spoiler, um aileron preto, embelezadores de faróis e reforço do para-choques traseiro e dianteiro; o segundo, em tom cinza, incorpora embelezadores de tejadilho em complemento dos alargadores dos guarda-lamas, embelezadores de faróis e reforço do para-choques traseiro e dianteiro.

Citroen AMI

O AMI vai ser comercializado entre os 7.350€ e os 8.710€, consoante a configuração selecionada. Haverá ainda o profissional MY AMI Cargo, proposto por 7.750€. Neste, a área do passageiro é convertida num espaço de armazenamento de 260 litros capaz de acomodar uma carga útil de 140 quilogramas, constituindo uma resposta prática e moderna aos novos desafios da mobilidade colocados às empresas de serviços locais, distribuição, comércio, artesanato, trabalhadores independentes, autoridades e administrações locais e indústria.

Para o comprar, não valerá a pena correr a um concessionário. A compra poderá ser feita online, nos pontos de venda aderentes da Citroën, mas também na rede das lojas Fnac, com entrega ao domicílio.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

Vale a pena importar carros eléctricos?

Em Portugal, importar carros é uma práctica recorrente, fruto da menor carga fiscal noutros países. Mas será que vale a pena importar carros eléctricos? Segundo…

Como carregar um carro elétrico na garagem do condomínio

As reuniões de condomínio conseguem ser o pior pesadelo de muita gente e nem sempre é fácil obter o entendimento entre pessoas que, ainda que…

3 carros elétricos novos até 30.000€

Os carros elétricos novos, assentes exclusivamente numa bateria recarregável, parecem ser cada vez mais apetecíveis, com um número crescente de automobilistas a renderem-se às vantagens…

Porto recebe 4º Salão do Automóvel Híbrido e Elétrico

O 4º Salão do Automóvel Híbrido e Elétrico arranca esta sexta-feira, dia 23, com o Centro de Congressos da Alfândega do Porto a voltar a…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional