Carros novos a GPL Portugal

5 min

Carros novos a GPL à venda em Portugal: conheça a lista

Subsistem mitos sobre a perigosidade destes veículos, o que talvez explique a pouca oferta no mercado dos carros novos a GPL. Porém, isso não impediu o maior crescimento das suas vendas em 2021: 3524 unidades, um aumento de 94,2% face a 2020 (embora isso represente apenas 2,4% do total de veículos registados).

Há uma ideia muito difundida de que os veículos a GPL (gás de petróleo liquefeito) são bombas sobre rodas. Essa noção nasceu de, em tempos idos, se usarem botijas de gás de cozinha como combustível, através de uma adaptação rudimentar. Isso era muito perigoso e é atualmente proibido. Já os veículos que venham de origem prontos a usar o GPL ou adaptados por oficinas credenciadas, cumprindo a legislação em vigor, são seguríssimos – num veículo a GPL, a parte mais inflamável é o tanque de gasolina.

Mas, apesar do aumento de vendas, várias marcas deixaram de ter viaturas a GPL. Nas que persistem, destaca-se a Dacia, pela variedade da oferta: um hatchback, um mini-SUV, um SUV e uma carrinha de 7 lugares. O motor é comum a todos os modelos: o 1.0 tricilíndrico com 100 cv.

Dacia Sandero Bi-Fuel

Dacia Sandero Bi-Fuel

O mais barato é o Sandero bi-fuel, um hatchback que, no nível de equipamento básico Essential, inclui cruise control, sensor de luz, rádio com ligação Bluetooth, etc. A velocidade máxima é 183 km/h e o consumo médio 7,0 l/100km.

Pode também optar pela versão Stepway, um mini SUV que pode circular em trilhos de terra com baixa/média dificuldade. Atinge os 177 km/h e consome em média 7,4 l/100km.

Quanto custa um Dacia Sandero Bi-Fuel novo?

Dacia Duster

Dacia Duster

O Duster é um SUV a sério, que, na versão GPL, só tem tração 4×2, mas revela boas aptidões fora de estrada, graças a uma primeira curta e potente e a uma excelente suspensão. Com preços acessíveis e bem equipado, vai até aos 168 km/h e consome em média 7,0 l/100km.

Peça já uma proposta por um Dacia Duster Bi-Fuel novo

Dacia Jogger

Dacia Jogger

O Jogger é uma carrinha de 5 ou 7 lugares que atinge os 175 km/h e consome em média 7,7 l/100km. É bastante espaçosa, mas, quando com lotação cheia, os 100 cv do motor revelam-se algo curtos nas recuperações e acelerações.

Marque já um test-drive num Dacia Jogger Bi-Fuel

A Renault utiliza o mesmo motor 1.0 com 100 cv nos seus dois modelos a GPL.

Renault Clio Bi-Fuel

Renault Clio Bi-Fuel

O Renault Clio Bi-Fuel faz médias de 6,8 l/100km de consumo de GPL e atinge os 187 km/h. Se as performances são similares às dos seus “primos” low-cost da Dacia, os materiais e acabamentos usados são superiores, bem como o equipamento, que inclui sistema de navegação de série.

Interessado num Renault Clio novo a GPL

Renault Captur Bi-Fuel

Renault Captur Bi-Fuel

O Captur é um crossover bem equipado e com bons consumos e prestações: 6,1 l/100km e 173 km/h de velocidade máxima.

Peça uma proposta por um Renault Captur a GPL

A Fiat tem versões a GPL dos citadinos 500 e Panda. São veículos icónicos, em especial o 500. O motor usado nos dois modelos é o algo desatualizado 1.3 de 69 cv. No entanto, a marca de Turim propõe-se substituir estas variantes por modelos híbridos e elétricos.

Fiat Panda GPL

Fiat Panda GPL

O Fiat Panda atinge os 164 km/h e tem um consumo médio de 7,5 l/100km.

Procura um Fiat Panda a GPL novo?

Fiat 500 GPL

Fiat 500

Já o Fiat 500 Dolcevita a GPL consome 5,5 l/100km e vai até aos 160 km/h.

Quanto custa um Fiat 500 novo a GPL?

As vantagens e desvantagens do GPL

Se considerarmos os preços de aquisição, manutenção e utilização, um veículo a GPL fica mais barato até que um carro elétrico, se este não for carregado em casa (e mesmo assim são necessárias muitas dezenas de milhares de quilómetros para que a viatura elétrica comece a compensar). Um veículo novo a GPL de origem custa mais 1000€ a 1500€ que o mesmo apenas a gasolina (valor rapidamente compensado em poupanças no preço do GPL face ao da gasolina). O mesmo é válido para a adaptação a GPL por instaladores autorizados (custos entre 1000€ e 2500€).

Veja todos os carros a GPL usados à venda no Standvirtual

Uma viatura a GPL nunca corre o risco de ficar parada na estrada por falta de combustível – são híbridas GPL/gasolina, com dois depósitos, um de gasolina e outro de gás (dá-lhe maior autonomia). Se o gás se esgota, o carro começa automaticamente a funcionar a gasolina. Os tempos de enchimento dos depósitos de GPL e gasolina são idênticos.

O consumo de GPL é superior em cerca de 1 l/100km ao da gasolina, mas face ao menor preço do gás por litro (custa cerca de metade), o custo de utilização é cerca de 40% inferior. O GPL é o menos poluente dos combustíveis fósseis e, por ser mais limpo, reduz a ocorrência de problemas mecânicos e aumenta a vida útil do óleo.

Como pontos negativos, para além do consumo superior, o espaço que seria destinado à roda sobresselente é ocupado pelo tanque de gás, para não diminuir o volume da bagageira, tanto nos veículos de origem a GPL como nos adaptados. Isso obriga ao uso de um kit de “reparação” de pneus, com todos os seus inconvenientes.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

3 monovolumes novos por menos de 30.000€

Monovolumes novos é coisa que já raramente se avista nas nossas estradas, já que o formato foi um dos mais castigados com a chegada dos…

8 carros desportivos usados por menos de 20.000€

Ter um carro desportivo é o sonho de muitos portugueses, tantas vezes não concretizado por motivos financeiros ou porque as exigências familiares funcionam como um…

5 carros elétricos usados até 40 mil euros

Os carros elétricos usados começam a ser cada vez mais apetecíveis, sobretudo porque um dos problemas graves com que se debatiam, a parca autonomia, parece…

7 carros usados baratos até 10.000€

Quer trocar de carro, mas o seu orçamento é limitado? Conheça a nossa selecção dos 7 melhores carros usados baratos até 10.000€, à venda no…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional