Aventuras todo o terreno melhores trilhos em Portugal

5 min

Aventuras todo o terreno: melhores trilhos em Portugal

Quem tem um veículo todo o terreno, sabe bem que o maior prazer em conduzir está no off-road, longe do asfalto. Portugal é um país que oferece inúmeros cenários e locais para quem gosta da prática e não é fácil nomear todos. Deixamos, por isso, os seis trilhos que consideramos mais desafiantes em diferentes pontos do país, mas lembrando que há um número imenso de alternativas e que é só pesquisar.

Existem ainda programas elaborados por alguns clubes 4×4 ou associações ligadas ao desporto mais aventureiro, que podem guiar e orientar os menos conhecedores do terreno ou da prática. Por serras, falésias, vales ou rios, é só escolher para onde se quer “atirar”. Se gosta de ir pelo desconhecido, não se esqueça de tomar todas as precauções para não ficar perdido ou apeado. Vamos a isso!

6 trilhos para descobrir num veículo todo o terreno

Douro

Trilho todo o terreno Douro

Não é à toa que começamos por aqui, até porque, pelo caminho, vai encontrar bons locais para bebericar um bom vinho (para provar com muita moderação, claro). Subidas íngremes e encostas acidentadas é garantido. É difícil escolher um trilho em concreto, até porque são quase todos especiais. Uma das possibilidades é começar em Entre-os-Rios, munido de bons mapas, para passar pelo Peso da Régua e rumar até Foz Côa.

Outra, é começar em São João das Pesqueira, na chamada “pista dos cavalos”, e dirigir-se a Valongo dos Azeites, repleta de altos e baixos, socalcos e solavancos, para descer para Rio Torto. Um pouco mais acima, Celorico de Basto permite abusar do seu todo-o-terreno pelas serras de Fafe, Alvão e Marão. É só dar uma olhadela nos mapas e, facilmente, vai descobrir aquilo que falamos.

Peneda-Gerês

Trilho todo o terreno Gerês

Será difícil encontrar um cenário minhoto mais idílico do que este quando falamos em natureza e espaço selvagem. O circuito é acidentado, mas vale a pena para se conhecer espaços tão notáveis como a Pedra Bela ou a Portela do Homem. É um dos trilhos mais referidos e gabados por quem alia a natureza à aventura. Subir a serra Amarela é incontornável, até porque é possível tomar banho nas lagoas naturais.

Veja todos os 4×4 à venda no Standvirtual

Piódão

Trilho todo o terreno Piodão

A aldeia é um centro turístico, mas oferece, também, toda uma serra do Açor para os todo o terreno se deleitarem. Saindo de Piódão pode seguir por Barriosa, Vale Rocim e terminar na serra da Estrela; ou começar em Góis e fazer o percurso até Piódão, com alguns corta-fogos e declives acentuados. As possibilidades são, de facto, muitas, já que pode fazer um caminho circular, de Piódão passando por Foz d’Égua. Ali, encontra uma piscina natural e a margem direita da ribeira oferece as curvas da encosta. A paisagem é soberba, mas não se distraia sob pena de sair dos trilhos.

Serra de Sintra

Trilho todo o terreno Sintra

Para quem mora na capital, este é o local mais próximo a permitir os excessos de uma condução arrojada de um 4X4. O ideal é partir da lagoa Azul, percorrer toda a serra e terminar na Praia Grande. O percurso não é muito longo, mas oferece uma beleza rara – há uma paragem obrigatória: no Cabo da Roca, com a natureza à distância de um toque e um ar difícil de encontrar na cidade. As subidas e descidas são sinuosas, mas não assustam os que estão habituados a grandes riscos.

Precisa de peças para o seu todo o terreno? Faça uma pesquisa no Standvirtual

Serra da Arrábida e Sudoeste Alentejano

Trilho todo o terreno Arrábida

O Parque Natural da Arrábida, a beijar o Sado, esconde trilhos duros e com paisagens maravilhosas, sendo sempre interessante usar estes caminhos como ponto de partida ou de chegada.

Mais a sul, saindo de Vila nova de Milfontes ou Zambujeira do Mar, optando pela terra batida, é passar por Porto Covo, Sines e Comporta e desembocar em Setúbal através de Alcácer do Sal. Mas também pode descer a serra e acompanhar a linha da praia e saltar até Tróia. Ali, é seguir os trilhos beira-mar até onde bem entender.

Se quiser partir de Grândola, um pouco mais abaixo, tem como hipótese dirigir-se ao Cercal do Alentejo pelo Lousal, passando por Odemira, ficando com a Costa Vicentina, entre Odeceixe e Burgau, aos seus pés.

Algarve

Trilho todo o terreno Algarve

O interior desta zona do país é uma caixinha de surpresas. Fugindo da costa e das movimentadas localidades balneares, há uma rota interessante que começa em Castro Marim e finda na Azilheira, repleta de inclinações íngremes e descidas laterais facilmente domináveis pelo todo o terreno que conduzir. Mas há outra possibilidade que exige mais perícia no domínio do volante, a começar na serra de Monchique e que termina em Sagres.

Conselhos a reter: evite ir sozinho e tenha todo o cuidado para não destruir as dunas caso faça trilhos à beira-mar. De resto, água, rede no telemóvel, mapa, GPS e espírito de aventura. Ah!, e roupa para sujar, que há trilhos que prometem muita lama.

Leia também:

Mais artigos da mesma categoria

Inventor do ABS cria aparelho para travar covid-19

De cada vez que se evita um acidente pela derrapagem das rodas, o condutor bem pode agradecer à equipa de engenheiros da Fiat que, em…

6 dicas para desembaciar o para-brisas rapidamente

A visibilidade é um dos pontos essenciais à segurança e, mesmo que a Primavera já se faça sentir, as manhãs frias e húmidas que potenciam…

Estado investe 15 milhões na indústria automóvel portuguesa

Os grandes cortes na produção automóvel, a situação atual de guerra e a paragem de grandes fábricas situadas em localizações estratégias para a exportação, culminaram…

Será que deve continuar a abastecer depois de a bomba parar?

É prática comum de muitos automobilistas, quando abastecem, encher totalmente o depósito de combustível, metendo mais litros, mesmo depois da primeira paragem automática da bomba,…
X

Quer receber as nossas comunicações por e-mail?

Email Marketing by E-goi

É proprietário de um Stand?

Crie uma Conta Profissional